Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • papodemulherbannernovo

Encontre no portal
Cris Menegon | Notícia em tempo real.
Empresário Beto Ody, proprietário da Gaby Produções, responde algumas dúvidas sobre a Festa do Pinhão
Publicado por Cris Menegon Sex, 22 de Maio de 2015 08:23

A Festa do Pinhão está de cara nova desde o ano passado, algumas dúvidas surgiram sobre a licitação e a participação da empresa que ganhou e executou a Festa em 2014.


Depois de alguns percalços a empresa cancelou o contrato, (para aligeirar o novo processo licitatório) e fo [...]

A Festa do Pinhão está de cara nova desde o ano passado, algumas dúvidas surgiram sobre a licitação e a participação da empresa que ganhou e executou a Festa em 2014.


Depois de alguns percalços a empresa cancelou o contrato, (para aligeirar o novo processo licitatório) e foi aberta nova licitação, e novamente a empresa "Gaby Produções", com sede em Novo Hamburgo, ganhou.


O lageano ficou com muitas dúvidas, e muitos até sem entender o que se passou. Confiamos mais uma vez nosso grande patrimônio à Gaby Produções. A cidade recebe mais uma vez a empresa para executar a Festa pelos próximos 5 anos.


O Portal fez algumas perguntas para o proprietário da empresa, que prontamente respondeu, a ideia é esclarecer dúvidas e aproximar o povo lageano da empresa. Afinal, estamos todos unidos por um objetivo maior, O SUCESSO DA "NOSSA FESTA".


A empresa Gaby Produções é de propriedade do empresário Antônio Gilberto Ody, conhecido como Beto Ody, natural de Novo Hamburgo RS. Casado com a Raquel Ody, com ela tem um casal de gêmeos de 10 anos, Antonio e Valentina. E do seu primeiro casamento tem Guillermo 36, Alfredo 34 e Roberta 26.


Beto trabalhou 40 anos com comércio exterior e morou no exterior (EUA por 8 anos). Ao mesmo tempo que tinha empresa de comércio exterior adquiriu a primeira rádio (Rádio Alegria FM) 26 anos atrás.


Com o crescimento das Rádios, surgiu a necessidade da empresa administrar eventos e fundaram a Gaby Produções e depois a Beta Produtora de Eventos.


Hoje as empresas do grupo estão entre as maiores produtoras de eventos do país, isso é fato, e tomara que contribua para o crescimento da festa e principalmente para a autoestima do povo lageano.

 

Perguntas:

 

Cris Menegon - A Empresa Terceirizou algo da Festa? O que e com quem?

 

Beto Ody - Uma empresa de eventos não existe sem terceirização. Existem pelo menos 10 prestadores de serviços de diferentes áreas que tem de ser contratados. Na verdade o sucesso de uma produtora está baseado na sua saúde financeira, sua experiência administrativa e sua credibilidade no mercado. No caso da Festa Nacional do Pinhão contratamos estrutura, segurança, empresa de limpeza, empresa de venda de ingressos, empresa de controle de estacionamento. Mídia, agência de publicidade e finalmente os shows. Além das diferentes empresas de serviços nós temos uma parceria há mais de 15 anos com a empresa GDO. Nós, Gaby e GDO atuamos em conjunto em grandes eventos e repartimos responsabilidades. É impossível uma empresa realizar a Festa Nacional do Pinhão isoladamente.

 

CM - Os contratos dos shows, a Gaby que efetuou ou contratou outra empresa?

 

Beto - Por causa das suas Rádios e sua credibilidade a Gaby tem uma excelente relação com a maioria dos artistas nacionais e internacionais. Assim como a GDO que realiza muitos eventos tem uma excelente relação com um grande "casting" nacional. Para fecharmos um "casting" com mais de 20 artistas nacionais – sentamos e analisamos quais os artistas que cada uma das produtoras tem disponível para o período da festa. Juntamos os artistas disponíveis para a formação da grade de atrações de um evento.

 

CM - Porque a agência de publicidade não foi contratada em Lages, para prestigiar a cidade?

 

Beto - Nós não contratamos agência de Lages porque nossa empresa é verticalizada e tem sua própria agência "in house" que nos dá a agilidade, criatividade e os custos que precisamos.

 

CM - O Shopinhão custou para a ACIL R$ 87.500 (oitenta e sete mil e quinhentos reais), esse valor teria como ser revisto?

 

Beto - A ACIL faz um investimento que ela recupera através da sublocação dos espaços. Não tem porque ser revisado porque se trata de um negócio que foi proposto e aceito pela ACIL. A ACIL alugando o espaço por esse valor consegue realizar lucro, senão obviamente não alugaria. Temos total liberdade com a ACIL e esse valor foi fechado de comum acordo.

 

CM - Gostaria de saber sobre a locação para os bares, como está sendo feito?

 

Beto - A comercialização dos bares é terceirizada para uma empresa especializada em locações e montagem que por sua vez busca parceiros interessados na exploração desses espaços.

 

CM - Lageano tem prioridade ou preço diferenciado e quantos bares e afins são no total?

 

Beto - A comercialização desses espaços é absolutamente comercial. Não existe distinção se o interessado é de Lages ou não. Lamentavelmente existe pouco interesse das empresas de Lages. Acredito que o pessoal "de fora" enxerga melhor as oportunidades na Festa Nacional do Pinhão do que os próprios Lageanos.

 

CM - Quanto aos direito da marca da Festa do Pinhão, vocês detém a marca? Ex. Se alguma pessoa faz um artesanato com a marca da Festa para vender no parque, precisa avisar a empresa Gaby, ou disponibilizar algum valor pela marca?

 

Beto - O direito da marca Festa do Pinhão é parte do contrato assinado com a Prefeitura Municipal de Lages e seus direitos pertencem a Gaby Produções até o ano 2020. Qualquer empresa interessada em usar a marca de qualquer forma, seja de artesanato, comunicações ou qualquer outro meio terá quer ter a licença do uso da marca.

 

CM - O que acha de nossa cidade e dos lageanos?

 

Beto - Acho uma cidade muito bonita, muito organizada com uma rede de ensino excelente – com os professores mais bens pagos do sul do Brasil. Esse fato me faz ter respeito pelo município. Quem investe nos professores pensa no futuro. Quanto aos Lageanos é um povo bom que tem muito orgulho da sua cidade. É muito politizado. É extremamente sistemático. Extremamente sério. Tem dificuldades de aceitar o novo, é desconfiado e inseguro e não gosta de qualquer inovação. Todavia quando se consegue quebrar alguns paradigmas, se mostram amigos e parceiros. Eu gosto muito de Lages fiz grandes amizades aqui e acredito muito no potencial da cidade

 

CM- Alguma coisa mudou depois da nova licitação em relação ao povo lageano?

 

Beto - Não mudou nada. Nossa vontade continua a mesma do primeiro dia, quando em 2014 vencemos a primeira licitação. Ficamos chateados com os fatos ocorridos pois fomos envolvidos numa situação – que se desencadeou a partir de uma denúncia de Lageanos que não querem o sucesso do evento. Que sempre foram beneficiados através de ganhos escusos com a Festa o que agora não existe mais. O evento se tornou profissional – sem espaço para benefício de quem não trabalha.

 

CM - O que pretende melhorar para a festa dos próximos anos?

 

Beto - Nosso desafio é tornar a Festa Nacional do Pinhão de Lages o maior evento do Estado de Santa Catarina. É só uma questão de tempo. Essa festa tem alma. Tem o apoio popular e nós temos todas as condições para faze-la sempre melhor e crescer.

 

CM - Gostaria de saber quem paga a conta de luz e água dos 10 dias de festa? E se possível queria saber o Valor dessas duas contas?

 

Beto - A Gaby paga absolutamente todas as despesas da festa. Tanto de água quanto de luz. A despesas de consumo de energia fica por volta de R$ 50mil e de água cerca de R$ 10mil. Mas poderemos dizer exatamente depois do evento pois ambas as contas tem medidores de consumo.

Para que não exista especulação: faz parte do contrato de responsabilidades com a PML – a obrigação dessa fornecer o local (no caso o parque) e as instalações funcionais básicas do mesmo para que possa realizar o evento no local.

Acredito que o contrato seja público. Nesse caso, cópia possa ser conseguida junto com a PML.

 

Ping-Pong –


Livro: Crime e Castigo, de Fiódor Dostoievsky
Cor: Azul marinho
Comida: Paella
Frase: Amizade é: Um patrimônio inestimável
Amor é: Vida
Família é: Tudo
Dinheiro é: Consequencia
Política é: Necessidade
Brasil: Um país machucado
Ator: Jack Nicholson
Atriz: Meryl Streep
Filme: Antes de Partir
Banda: Led Zeppelin
Cantor: Michael Bublé
Cantora: Etta James
Música: Stormy Weather

unnamed 1familiabetounnamed 2unnamed


Atualizado em Sex, 22 de Maio de 2015 08:39
 
CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA?
Publicado por Cris Menegon Sáb, 03 de Setembro de 2016 08:31

A constituição brasileira é extremamente confusa. Podemos interpretar cada artigo e o choque dos artigos é constante. Certamente o povo deveria derrubar essa constituição. O povo é soberano.

 

Um exemplo claro da constituição está no artigo primeiro que fala em uni [...]

A constituição brasileira é extremamente confusa. Podemos interpretar cada artigo e o choque dos artigos é constante. Certamente o povo deveria derrubar essa constituição. O povo é soberano.

 

Um exemplo claro da constituição está no artigo primeiro que fala em união indissolúvel dos estados. Temos o artigo quinto de livre expressão e manifestação dos pensamentos, da mesma maneira do artigo quarto de autodeterminação dos povos. A lei de segurança nacional de 1982 é atual, o Brasil não deve ser ameaçado por qualquer tipo de grupo armado.

 

De acordo com o exemplo do parágrafo anterior, não deve existir uma dupla interpretação. Tudo é permitido nesses aspectos da constituição, nenhuma repressão deve ser aplicada aos que façam ou queiram fazer uso do artigo quarto e quinto. Quanto a união indissolúvel dos estados é utópico respeitar diante direitos internacionais que servem de ponto de apoio. A lei de segurança nacional é neutralizada quando movimentos separatistas pacíficos e democráticos estão mobilizados.

 

Agora é preciso dar um exemplo mais abrangente sobre essa constituição ultrapassada, que é "usada" por uma federação que nunca dará certo. O poder central que é um ladrão dos direitos de todos os cidadãos deve ser sufocado. Em 2016 tivemos a retirada de uma presidente, o processo de impeachment está previsto no artigo 52 da constituição federal. Apesar dos gritos de golpe, o senado decidiu afastar a presidente. Na sequência e claramente descrito nesse artigo, a presidente estava condenada a inabilidade para funções públicas. A defesa recorreu para uma segunda votação e nessa interpretação errônea, e arbitraria, a então presidente foi destituída do cargo, o problema é que manteve o direito a exercer funções públicas.

 

Alguns senadores que viram um crime para decidirem pela expulsão da presidente, optaram em manter a presidente no meio público. É evidente que grande parte desse grupo de articuladores políticos é corrupto e usa como massa de manobra para eles próprios todas as decisões. O povo que elegeu não é mais soberano e os eleitos decidem o que é melhor para os próprios interesses.

 

A saída mais sábia está em separar o Brasil. O povo deve marchar e erguer uma nova bandeira em cada canto ao sul do mundo. Uma confederação municipalista é a solução proposta por um grande grupo de sulistas que são separatistas. Quem é pacífico que procure um movimento separatista legalmente constituído, quem quer um futuro melhor para si mesmo e para os seus filhos ou netos, que compactue dos ideais propostos pelo movimento "O sul é o meu país". A constituição brasileira provou por diversas vezes uma completa junção do interesses de poucos privilegiados, de quem representa a falência da ética no Brasil.

 

* Escritor Joacir Dal Sotto, autor do livro "Curvas da Verdade" e secretário na comissão de Lages (SC) do movimento "O sul é o meu país".

 
PASSEIO UNIVERSITÁRIO: Prefeito planta árvore em lançamento de Associação Comunitária
Publicado por Cris Menegon Qua, 29 de Março de 2017 20:21

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese, prestigiaram na tarde desta quarta-feira (29), o lançamento da Associação Comunitária Passeio Universitário. Esta nova entidade é uma iniciativa da comunidade do bairro Universitário de propor a mudança no destino de uma área que seria um [...]

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese, prestigiaram na tarde desta quarta-feira (29), o lançamento da Associação Comunitária Passeio Universitário. Esta nova entidade é uma iniciativa da comunidade do bairro Universitário de propor a mudança no destino de uma área que seria um estacionamento de aproximadamente 4.500 metros quadrados em frente ao Centro Serra, na Rua Archilau Batista Amaral.

 

Associações de Moradores de bairros adjacentes também são parceiros deste órgão não governamental que está empenhado para que nesta área seja formado um espaço público para a educação e prática de atividades voltadas para a sustentabilidade ambiental e social.

 

Na oportunidade o prefeito fez o plantio de uma árvore do tipo Aroeira Salsa, simbolizando o início de um pomar naquela área. "Mais uma ação de educação ambiental coordenada de maneira coletiva, mas principalmente tem o envolvimento direto das nossas crianças", salientou Ceron.

 

A presidente da Associação Comunitária Passeio Universitário, Silvia Oliveira, frisou que este é apenas o ponta pé inicial dos trabalhos. "São ações a curto e médio prazo e que irão trazer mais qualidade de vida para a comunidade. Aqui deveremos ter horta comunitária urbana, espaço agroflorestal, mini jardim botânico entre outras ações".

 

Parceiros

 

O evento de lançamento da Associação teve a participação de diversas instituições, como as secretarias da Saúde, Serviços Públicos e Meio Ambiente, e Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina, através do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV/Udesc), Polícia Militar Ambiental, Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), Centro Vianei de Educação Popular e a Irmandade Nossa Senhora das Graças.

 
MASHA E O URSO NO TEATRO EM LAGES
Publicado por Cris Menegon Seg, 10 de Outubro de 2016 08:44

FINALMENTE EM LAGES MASHA E O URSO NO TEATRO, A NOVA FEBRE ENTRE A CRIANÇADA. UM GRANDE PRESENTE PARA AS CRIANÇAS NO DIA 12 DE OUTUBRO.

 

TEATRO MARAJOARA - 16HS - INGRESSOS PROMOCIONAIS À VENDA NA BILHETERIA DO TEATRO.

 

PRODUÇÃO LOCAL: ROGER ANDRAD [...]

FINALMENTE EM LAGES MASHA E O URSO NO TEATRO, A NOVA FEBRE ENTRE A CRIANÇADA. UM GRANDE PRESENTE PARA AS CRIANÇAS NO DIA 12 DE OUTUBRO.

 

TEATRO MARAJOARA - 16HS - INGRESSOS PROMOCIONAIS À VENDA NA BILHETERIA DO TEATRO.

 

PRODUÇÃO LOCAL: ROGER ANDRADE

 

Masha e o Urso é baseada em um conto de fadas do folclore russo e mostra o cotidiano de uma pequena menina travessa que vive em meio a uma floresta, Masha, que constantemente visita seu amigo urso que mora numa casa do bosque e lhe age como uma figura responsável que tem que suportar as travessuras que a menina faz. O desenho usa um estilo de comédia similar a desenhos mudos como Pingu e Bernard, embora possua uns poucos diálogos da personagem Masha.

 

Ela é uma pequena menina de 3 anos, bagunceira e que sempre arma confusões. Ela mora numa casa em meio a floresta perto de antiga estação ferroviária da ferrovia Transiberiana e frequentemente passeia sozinha atrás de brincar com os animais entre eles o seu amigo Urso. Está sempre visitando a casa dele mesmo desejavelmente o irritando e causando problemas, apesar dele sempre a cuidar como uma figura adulta e responsável. Seus pais nunca foram vistos no desenho. Ela veste uma roupa de camponesa rosa com um lenço na cabeça com a mesma cor.

 

O urso é um dos amigos de Masha a quem constantemente visita em sua casa. É sério e calmo já tendo trabalhado em um circo possuindo assim vários prêmios de lá e ainda sabendo fazer alguns truques de mágica e acrobacia. Sempre busca paz e sossego se não fosse por viver atormentado pela Masha muitas vezes se irritando com suas travessuras chegando a expulsá-la de sua casa, mas em um episódio ele começa a dar atenção pra Masha.

 

No Brasil a animação é transmitida nos canais TV Cultura, SBT, Boomerang e Cartoon Network.

 
PRIMEIRA EDIÇÃO DO DIGITAL GROW, EVENTO SOBRE MARKETING DIGITAL, SERÁ REALIZADA NO DIA 11 DE MAIO
Publicado por Cris Menegon Qui, 13 de Abril de 2017 08:23

A empresa Echosis, de Lages, realiza no próximo dia 11 de maio, no Orion Parque, o Digital Grow, um evento com apresentação de cases e palestras focado nas mais importantes tendências, estratégias e ferramentas do Marketing Digital.

 

Serão quatro horas de evento, das 1 [...]

A empresa Echosis, de Lages, realiza no próximo dia 11 de maio, no Orion Parque, o Digital Grow, um evento com apresentação de cases e palestras focado nas mais importantes tendências, estratégias e ferramentas do Marketing Digital.

 

Serão quatro horas de evento, das 18h até 22h, com a presença de nomes importantes da área.O público alvo são empreendedores, profissionais e estudantes das áreas de vendas, marketing, publicidade, social media, tecnologia, comunicação e gestão.

 

Na lista de palestrantes estão Julio Assimi, gerente de parcerias da Resultados Digitais; Theo Orosco, co-fundador e CEO da Exact Sales; Pedro Clivati, co-fundador da Contentools; Vinícius Gucvi, gerente de marketing e produção do Grupo 1007 Brasil; Eduardo Rodrigues, da Exact Sales.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site e os associados da ACIL possuem desconto especial. Mais informações em www.digitalgrow.com.br

 

Debora Puel

 
Início
Anterior
1


Página 1 de 988
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher