Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • bm3 comunica

  • novobm3

Encontre no portal
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 09:01

Santa Catarina tem sancionada a Lei Estadual 10.759/2010, que dispõe sobre o peso máximo tolerável do material escolar transportado por alunos da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio da rede escolar pública e privada. Nesse sentido, o vereador José Amarildo Farias (PT) apre [...]

Santa Catarina tem sancionada a Lei Estadual 10.759/2010, que dispõe sobre o peso máximo tolerável do material escolar transportado por alunos da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio da rede escolar pública e privada. Nesse sentido, o vereador José Amarildo Farias (PT) apresentou na sessão de segunda-feira (15) a moção legislativa 104/2017, onde solicita a fiscalização da referida Lei aos órgãos responsáveis, em especial ao artigo 3º, que se refere ao fornecimento de armários para guardar o excesso de peso carregado pelos estudantes.


A reivindicação é motivada pelo fato de que muitos pais reclamam que a escola não dispõe de locais para armazenamento dos materiais que excedem o peso, conforme a norma legal. "Em virtude dessa ausência, muito alunos estão transportando mochilas com peso acima do permitido, o que poderá lhes acarretar, segundo a Sociedade Brasileira de Ortopedia, sérios problemas de coluna", expõe Amarildo.


As diretrizes da lei estabelecem parâmetros em relação ao peso das mochilas. Em crianças da educação infantil, não deve ultrapassar 5% do peso da criança, em alunos do ensino fundamental esse índice não deve ser maior que 10% e para os estudantes do ensino médio 15% é o que recomenda a regra. "É importante que as instituições de ensino se conscientizem dessa situação, pois isso se tornou uma questão de saúde pública", completa o vereador.


A matéria foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e será encaminhada à Secretaria Municipal de Educação, À Gerência Regional de Educação em Lages e ao Sindicato das Escolas Particulares do Estado de Santa Catarina (Sinepe), em Florianópolis.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:55

Quem quiser estudar em um curso superior do IFSC no primeiro semestre de 2018 deve se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 8 a 19 de maio, no site http://enem.inep.gov.br. A partir do semestre 2018-1, o ingresso em cursos de graduação do Instituto Federal vai ser por meio do [...]

Quem quiser estudar em um curso superior do IFSC no primeiro semestre de 2018 deve se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 8 a 19 de maio, no site http://enem.inep.gov.br. A partir do semestre 2018-1, o ingresso em cursos de graduação do Instituto Federal vai ser por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa a nota do Enem.

 

A inscrição custa R$ 82 e deve ser paga até 24 de maio, em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agências dos Correios. Os candidatos podem, no entanto, solicitar isenção do pagamento até 19 de maio. Podem pleitear gratuidade os concluintes de escola pública no ensino médio, os já declarados no CadÚnico (cadastro único do governo federal para programas sociais) e os que se enquadram nas exigências da Lei nº 12.799 (que dispõe sobre a isenção em processos seletivos a instituições federais de ensino superior).

 

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini esclarece que o Enem 2017 tem um hotsite com o cronograma, resposta a dúvidas frequentes e tudo o que o aluno precisa saber para fazer o exame com tranquilidade e segurança. "Também teremos um aplicativo e o cartão de confirmação da inscrição, no qual serão depositados o cronograma, os gabaritos, resultados, alguns alertas e outras funcionalidades", finaliza.

 

O Enem 2017 vai ser realizado em todo o País e, em Santa Catarina, em 56 cidades: Araranguá, Balneário Camboriú, Biguaçu, Blumenau, Braço do Norte, Brusque, Caçador, Camboriú, Campos Novos, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Dionísio Cerqueira, Florianópolis, Fraiburgo, Garopaba, Guaramirim, Içara, Imbituba, Indaial, Itajaí, Itapema, Itapiranga, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Laguna, Mafra, Maravilha, Navegantes, Orleans, Palhoça, Palmitos, Porto União, Quilombo, Rio do Sul, Rio Negrinho, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São Joaquim, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Seara, Sombrio, Taió, Tijucas, Timbó, Tubarão, Videira, Xanxerê e Xaxim.

 

Confira o edital completo do Enem 2017 para mais informações (http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/edital/2017/edital_enem_2017.pdf)

 

Cursos do IFSC

 

O IFSC possui, entre seus cursos de graduação, cursos dos tipos bacharelado, licenciatura e superior de tecnologia. A lista de cursos com vagas abertas no semestre 2018-1 será divulgada em edital próprio do Instituto Federal no final de 2017. Para Lages, o IFSC irá ofertar os cursos de Engenharia Mecânica, Ciência da Computação e Tecnologia em Processos Químicos. A abertura de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) deve ocorrer em janeiro de 2018. Já em Urupema, os cursos disponíveis serão os de Tecnologia em Alimentos e Tecnologia em Viticultura e Enologia.

 


Atualizado em Qui, 18 de Maio de 2017 08:58
 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:48

Somente nos primeiros quatro meses de 2017 mais de 120 lixeiras públicas foram alvo de vandalismo. A maioria delas, lixeiras de plástico, azuis, com o logotipo da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, as quais são fixadas às margens de ruas, avenidas, em praças e logra [...]

Somente nos primeiros quatro meses de 2017 mais de 120 lixeiras públicas foram alvo de vandalismo. A maioria delas, lixeiras de plástico, azuis, com o logotipo da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, as quais são fixadas às margens de ruas, avenidas, em praças e logradouros públicos para depósito de pequenas embalagens de papel e garrafas pet.

 

"Todas elas já foram repostas, pois são materiais necessários para a manutenção da cidade limpa", garante o secretário municipal Euclides Mecabô (Tchá-Tchá). "Porém, diante deste vandalismo, cabe a nós conclamar a população para que preserve o patrimônio público", completa.

 

O secretário disse que o vandalismo acarreta em prejuízos ao município. Segundo ele, o dinheiro que é gasto para a reposição destas lixeiras poderia ser investido nos setores de saúde e educação, sem falar na série de transtornos gerados pelas depredações. Um deles é a perda de tempo, pois, sem lixeira os garis têm de trabalhar dobrado.


Atualizado em Qui, 18 de Maio de 2017 08:50
 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:46

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo decidiu por prorrogar até o dia 31 de maio (quarta-feira) o cadastramento das residências para o programa de Hospedagem Alternativa, visando à 29ª Festa Nacional do Pinhão. Até o momento 13 unidades foram efetivamente incluídas no sistem [...]

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo decidiu por prorrogar até o dia 31 de maio (quarta-feira) o cadastramento das residências para o programa de Hospedagem Alternativa, visando à 29ª Festa Nacional do Pinhão. Até o momento 13 unidades foram efetivamente incluídas no sistema.

 

O executivo da Secretaria de Turismo, Luís Carlos Pinheiro, explica que a fidelização abre margem para que o locador possa melhor equipar a casa com reformas e aquisição de novos móveis. "No ano que vem iremos inovar a forma de oferecer este serviço da comunidade lageana aos turistas. A ideia é que não se perca este formato de trabalho", salientou o executivo.

 

Processo de cadastro

 

Está sendo feito um recadastramento dos imóveis já utilizados como hospedagem alternativa durante a Festa do Pinhão, assim como sendo cadastradas novas pousadas. Os interessados em cadastrar seus imóveis e aqueles que pretendem locar suas casas ou apartamentos devem entrar em contato com a Secretaria de Turismo, ligando para (49) 3226-11-17 (falar com Michelle ou Henrique Menegueli).

 

As inscrições devem ser efetuadas até dia 31 de maio, na Secretaria de Turismo, situada à Avenida Papa João XXIII, 138, Bairro Beatriz. Após a inscrição efetuada, a equipe da Secretaria de Turismo entrará em contato para agendar a vistoria. Durante a visita, a casa será fotografada para que se obtenham mais informações sobre o imóvel e para complementar a divulgação. A taxa de R$ 50 corresponde a apenas um imóvel, ou seja, se o proprietário quiser cadastrar mais de uma hospedagem terá de pagar R$ 50 por cada uma delas, para cadastramento e divulgação.

 

O cadastro terá validade até 31 de dezembro de 2017. Ou seja, além de estar disponível à Festa Nacional do Pinhão, a hospedagem alternativa também poderá ser locada para os demais eventos que ocorrerão até o seu término. "Lembramos que o dinheiro arrecadado no cadastramento dos imóveis é totalmente revertido para o Fundo Municipal de Turismo", explica Luís Carlos Pinheiro.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:39

A Semana de Museus é um evento que acontece em todo o país a contempla os mais de três mil museus de norte a sul do Brasil. Em Lages, a programação se estende até o dia 20 de maio com visitações e atividades nos locais de registro de memória da cidade. Memorial Nereu Ramos, Museu Ferrovi [...]

A Semana de Museus é um evento que acontece em todo o país a contempla os mais de três mil museus de norte a sul do Brasil. Em Lages, a programação se estende até o dia 20 de maio com visitações e atividades nos locais de registro de memória da cidade. Memorial Nereu Ramos, Museu Ferroviário, Museu Malinverni Filho, espaço Cultural Alceu Reche e Museu Thiago de Castro (MTC). A proposta da Fundação Cultural e equipe do MTC nesta edição de 2017 é proporcionar para os visitantes, estudantes e turistas a experiência de conhecer as histórias através do teatro.


O hall do MTC e o Auditório Mario Augusto de Sousa na FCL são os palcos de diversas apresentações. No segundo e terceiro dia de apresentações, mais de 300 pessoas, entre estudantes, turistas e comunidade já presenciaram as performances dos bonecos "Velho Thiaguito e Perguntador" e do espetáculo "Casos e Causos" e passaram pelos Museus Malinverni Filho e todos os outros locais que fazem parte do circuito da Semana.


Instituições lotam museus


Nesta quarta-feira (17), alunos do CRAS IV (Centro de referência de assistência social) do bairro Tributo, escola Aprender Brincando, Escola Itinerante Correia Pinto, APAE Lages e CEJA (Centro de educação de jovens e adultos) estiveram presenciando o espetáculo "Casos e Causos". Pelas manhãs, no Museu Thiago de Castro estudantes do ensino fundamental podem acompanhar o teatro de bonecos com os personagens "Velho Thiaguito e Perguntador" antes das visitas guiadas ao museu.


Para o diretor do MTC, Ader Godoy, o retorno do público tem sido surpreendente, "estamos recebendo uma média de 60 pessoas por sessão. Com isso, conseguimos transmitir história e chamar mais pessoas para os museus," comenta.


Programação para a quinta-feira (17):


9h30 – Memorial Nereu Ramos – visita guiada com alunos acima de 10 anos, interatividade com a guia Maria Apolinária e a realeza da Festa Nacional do Pinhão;
14h30 – Museu Thiago de Castro – visita guiada com teatro de bonecos;
20h – Auditório Mario Augusto de Sousa (FCL) – espetáculo "Casos e Causos".

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:30

Na tarde de quarta-feira, dia 17 de maio, estudantes de Anita Garibaldi estiveram em Celso Ramos para uma enriquecedora aula sobre a cultura italiana. A atividade aconteceu no Sítio Roncador, com a acolhida do casal Angelir e Angela Burigo, e foi conduzida pelo professor de História, Gil Karlos [...]

Na tarde de quarta-feira, dia 17 de maio, estudantes de Anita Garibaldi estiveram em Celso Ramos para uma enriquecedora aula sobre a cultura italiana. A atividade aconteceu no Sítio Roncador, com a acolhida do casal Angelir e Angela Burigo, e foi conduzida pelo professor de História, Gil Karlos Ferri, com os alunos do 7º ano I da EEB Padre Antônio Vieira de Anita Garibaldi.

 

Para proferir palestra, o convidado de honra foi o sr. Ivo Delorenzi, que falou para os estudantes sobre a colonização italiana do município de Celso Ramos. A professora Jussara também conversou com a turma, destacando aspectos da cultura italiana e as ações da sociedade celso-ramense para preservar os costumes herdados dos antepassados. Após o lanche oferecido pela Secretaria de Educação e Cultura, o sr. Angelir Burigo apresentou aos estudantes diversas ferramentas, móveis e objetos do cotidiano dos antigos colonos de origem italiana.

 

Ao final da aula foi realizada uma divertida saída de campo, na qual, transportados em uma antiga pick-up, os estudantes foram para a mata de araucárias e fizeram uma sapecada de pinhão. Ações como esta provam que o ensino pode ser dinâmico, atrativo e fazer sentido para a vida de nossas crianças e adolescentes.

 

 

Infoormações: Prof. Gil Karlos Ferri
Fotos: Luiza Figueiró

 

il67iol9io906crttt

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:17

Na manhã desta quarta-feira (17) a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou projeto que institui a Política Nacional da Erva-Mate - PL 4137/15, para estimular a cadeia produtiva da erva, muito tradicional em estados do sul do País.

 

O deputado federal [...]

Na manhã desta quarta-feira (17) a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou projeto que institui a Política Nacional da Erva-Mate - PL 4137/15, para estimular a cadeia produtiva da erva, muito tradicional em estados do sul do País.

 

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC), membro da comissão, comemorou a aprovação do projeto, pois Santa Catarina é o maior produtor de erva-mate do país.

 

Maldaner explica que é bom ter uma política nacional para o setor que adota entre seus princípios e diretrizes a sustentabilidade ambiental, econômica e social da cadeia produtiva; a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico; e o incentivo ao desenvolvimento de novos mercados. "O projeto sugere crédito oficial para a produção, a industrialização e a comercialização do produto, a assistência técnica e a extensão rural; o seguro rural e a promoção de ajustes normativos, entre outros", comemorou.

 

Como a proposta tramita em caráter conclusivo e já foi aprovada pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, ela deverá seguir para análise do Senado.

 

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 17 de Maio de 2017 11:54

Além de muito mais charmoso na Serra Catarinense, pela neve e pelos eventos esportivos e gastronômicos, o Inverno tem também o Festival Internacional de Música.


E paralelamente às apresentações no Teatro Marajoara, o Festival disponibiliza Master Classes para músicos inician [...]

Além de muito mais charmoso na Serra Catarinense, pela neve e pelos eventos esportivos e gastronômicos, o Inverno tem também o Festival Internacional de Música.


E paralelamente às apresentações no Teatro Marajoara, o Festival disponibiliza Master Classes para músicos iniciantes ou em formação, que assim podem ter a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos em Piano, Percussão e Canto Coral.


As aulas de Cordas & Sopros serão no Colégio Bom Jesus, enquanto as de Piano serão em residências particulares.


Inscrições e Bolsa


Inscrições regulares até 30 de Junho e serão aceitas pessoalmente até domingo dia 16 de Julho na recepção do festival das 9 às 17 h. A bolsa consiste em hospedagem e alimentação durante o período do Festival Internacional Música na Serra. Veja regulamento no site do festival:

 

http://www.musicanaserra.com.br/inscricao

 

Fonte: Blog do Barão


Atualizado em Qua, 17 de Maio de 2017 11:56
 
Publicado por Cris Menegon Qua, 17 de Maio de 2017 11:38

A Epagri deu início aos trabalhos para obtenção da Indicação Geográfica (IG) dos Vinhos Finos de Altitude da Serra catarinense, projeto que estará concluído em 2019. No dia 11 de maio, Saul Bianco, Diretor Técnico da Vinho de Altitude Produtores Associados de SC, esteve na sede da Epagri [...]

A Epagri deu início aos trabalhos para obtenção da Indicação Geográfica (IG) dos Vinhos Finos de Altitude da Serra catarinense, projeto que estará concluído em 2019. No dia 11 de maio, Saul Bianco, Diretor Técnico da Vinho de Altitude Produtores Associados de SC, esteve na sede da Epagri, em Florianópolis, para conhecer a equipe da Epagri/Ciram que vai trabalhar no tema.

 

A IG é uma forma de valorização do produto de uma região ou território, cuja procedência adquiriu notoriedade em decorrência do modo de fazer e das características ambientais locais. O Champanhe é um exemplo clássico de IG, por que só pode ser chamado assim o espumante produzido naquela região específica da França.

 

Para realizar o projeto, a Epagri envolverá profissionais do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC (Ciram), do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa) e das Estações Experimentais de São Joaquim e Videira. UFSC, UDESC e Embrapa Uva e Vinho também participam deste grande desafio.

 

Caberá à Epagri fazer estudos de caracterização da região, como solos, clima e uso e cobertura da terra, que serão reunidos num único banco de dados. Os técnicos da Empresa ainda serão responsáveis pela atualização do cadastro dos produtores e vinhedos de altitude no Estado. Também será caracterizada a cadeia produtiva dos vinhos de altitude, por meio da análise das estruturas e sistemas de produção, gestão, mercado e indicadores econômicos.

 

Os resultados dos estudos serão reunidos, ao final do processo, num dossiê. Este documento será enviado para avaliação do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), que é quem decide pela concessão ou não da IG.

 

A Vinho de Altitude Produtores Associados de SC aposta na IG para divulgar e proteger ainda mais a produção catarinense.

 

A Epagri já tem experiência na elaboração de dossiês para processos de indicação geográfica. Foi a responsável pela obtenção da IG do Vale das Uvas Goethe. Também atuou nas IGs da Banana Corupá e do Queijo Artesanal Serrano, que estão na etapa final. Até o ano que vem a Empresa pretende comemorar a obtenção da IG da Erva-mate do Planalto Norte, que está em pleno processo de documentação.

 


Vídeo em Destaque

Programa Papo De Mulher: Escolha das Soberanas da Festa do Pinhão 2017
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher