Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • papodemulherbannernovo

Encontre no portal
Publicado por Cris Menegon Qui, 20 de Abril de 2017 07:59

A deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), em audiência pública, ontem, na comissão especial que debate inovação tecnológica na saúde, pediu urgência na implantação do Plano de Expansão em Radioterapia para atender melhor a todas as regiões.


De acordo com o Ministério da Saúd [...]

A deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), em audiência pública, ontem, na comissão especial que debate inovação tecnológica na saúde, pediu urgência na implantação do Plano de Expansão em Radioterapia para atender melhor a todas as regiões.


De acordo com o Ministério da Saúde, problemas técnicos estão dificultando a implantação do Plano em 80 hospitais de referência em tratamento do câncer em todo o país. A parlamentar revelou os problemas enfrentados pelos pacientes para fazer o tratamento quimioterápico.

 

"Além de terem de enfrentar essa doença grave, os doentes têm de ficar à mercê da burocracia", afirmou. Como uma das maneiras para agilizar o atendimento, a deputada defendeu a transferência dos equipamentos das unidades hospitalares onde o serviço de tecnologia ainda não foi disponibilizado. Há unidades hospitalares em que os aparelhos ficam anos e anos encaixotados, enquanto os doentes clamam pelo tratamento", disse a deputada, que é presidente da Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer.

 

Carmen, ainda, pediu que o Ministério da Saúde promova a distribuição igualitária pelo SUS dos medicamentos que forem padronizados pelo Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias).

 

"Não pode um estado receber determinada medicação e outros, não. Isso não pode continuar acontecendo", ressaltou Carmen Zanotto, lembrando que em Lages pacientes estão sem realizar o tratamento contra o câncer por falta de medicamento.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 20 de Abril de 2017 07:47

As Semanas Acadêmicas Unifacvest promovem palestras sobre temas contemporâneos. Os eventos reúnem professores, empresários e acadêmicos em ambientes intelectuais e pedagógicos. As palestras abordam diversas áreas do conhecimento, e instigam a busca pelo aperfeiçoamento.

 

[...]

As Semanas Acadêmicas Unifacvest promovem palestras sobre temas contemporâneos. Os eventos reúnem professores, empresários e acadêmicos em ambientes intelectuais e pedagógicos. As palestras abordam diversas áreas do conhecimento, e instigam a busca pelo aperfeiçoamento.

 

As Semanas Acadêmicas de Direito e Comunicação Social, respectivamente, começaram na terça-feira (18) e encerram nesta quinta-feira (20).

 

A Semana da Comunicação aconteceu na Sala Modelo de Comunicação, reunindo acadêmicos dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Fotografia. O evento teve palestras sobre blogs jornalísticos, mercado da fotografia em Lages e outros temas atuais.

 

Os ex- acadêmicos do Centro Universitário Unifacvest e atuais proprietários da empresa Ueek Publicidade, Aryana Valcanaia e Raphael Marcelino falaram sobre Estratégias de Comunicação Digital. "As campanhas demandam planejamento e técnicas eficientes para atingirem os objetivos", ressaltaram.

 

A Semana do Direito, por sua vez, aconteceu no Teatro Unifacvest, com palestras sobre os assuntos que tomam conta dos noticiários, como Reforma da Previdência, Terceirização do Trabalho e Operação Lava Jato, e sobre específicos, como Direito Criminal e Direito Trabalhista.

 

O acadêmico da primeira fase de Direito, Ederson Pucci, gostou das palestras. "Essas experiências ajudam a aproximar a teoria e a prática, e motivam a busca pelo conhecimento", diz ele.

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 17:06

De um jeito simples o Deputado Celso Maldaner, conseguiu explicar  que a Reforma Trabalhista é uma das prioridades do nosso país e sem  que os trabalhadores percam nenhum direito já adquirido. 

 

Dez pontos principais que destaco na MODERNIZAÇÃO DA LEGISLA [...]

De um jeito simples o Deputado Celso Maldaner, conseguiu explicar  que a Reforma Trabalhista é uma das prioridades do nosso país e sem  que os trabalhadores percam nenhum direito já adquirido. 

 

Dez pontos principais que destaco na MODERNIZAÇÃO DA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA:


1- Todos os direitos serão respeitados e consolidados, garantindo a geração de empregos;
2- Prazo de 18 meses para impedir troca de empregados formalizados por terceirizados;
3- Garantia de condições entre terceirizados e formalizados no ambiente de trabalho; (saúde, alimentação, higiene, transporte, entre outros).
4- Fim da obrigatoriedade do pagamento pelas empresas das chamadas horas "in itinere", (tempo de transporte fornecido pelo empregador até o local de trabalho);
5- No trabalho intermitente, pode haver a prestação de serviços de forma descontínua, alternando períodos em dia e hora, cabendo ao empregado o pagamento pelas horas efetivamente trabalhadas (ex: garçons);
6- Fim da contribuição sindical obrigatória;
7- Força de lei aos acordos coletivos firmados entre sindicatos e empresas, onde o negociado terá valor sobre o legislado.
8- Prazo estabelecido para o Juiz do Trabalho homologar o acordo;
9- Fixação de valores mínimo e máximo para ações de dano moral;
10- Corresponsabilidade de ambas as partes, inclusive nas ações trabalhistas por parte de advogados e reclamantes nos custos processuais.
#ReformaTrabalhista #Modernização #LeiDoEmprego


Atualizado em Qua, 19 de Abril de 2017 17:29
 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 16:13

Pelo quarto ano consecutivo, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras colocará em prática, durante o inverno, uma operação especial nos aeroportos onde as condições climáticas costumam impactar a regularidade e pontualidade de seus voos. Assim como em outros estados da região Sul, o aeroporto fe [...]

Pelo quarto ano consecutivo, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras colocará em prática, durante o inverno, uma operação especial nos aeroportos onde as condições climáticas costumam impactar a regularidade e pontualidade de seus voos. Assim como em outros estados da região Sul, o aeroporto federal Antônio Correia Pinto de Macedo, em Lages, terá o cronograma de voos alterado.

 

A ação entrará em vigor entre maio e setembro. A Azul manterá voos em todas as suas bases. Estes ajustes serão realizados de forma temporária em sua malha aérea nessas regiões, com o objetivo de evitar atrasos e cancelamentos que gerem contratempos aos clientes.

 

No estado de São Paulo, no aeroporto Internacional Viracopos, a Azul decidiu diminuir parte dos voos para Curitiba, Porto Alegre, Ponta Grossa, Divinópolis, Cascavel e Maringá. Em Lages o cronograma sofrerá alterações. As ligações para Londrina, Chapecó e Foz do Iguaçu terão somente ajustes de horário.

 

Atualmente o aeroporto de Lages recebe voos nos domingos, segundas, terças, quintas e sextas-feiras. Com a alteração, os dias de operação passarão a ser nos domingos, segundas, quartas e nas sextas-feiras. "Deixamos claro que esta é uma decisão da empresa, que atinge não somente Lages, mas vários aeroportos da região Sul. No inverno passado não houve alterações e a aeronave pousou todos os dias, evidenciando que não há problemas com o nosso aeroporto", diz o gestor do aeroporto, Klaus Ramos Klinger.

 

Os clientes que compraram passagens para voos no inverno nas bases impactadas estão sendo informados previamente pela companhia sobre alterações de horário ou cancelamentos de voos (neste caso, recebem alternativas como reacomodação gratuita ou reembolso integral). Após o período designado para a operação da malha de inverno, todos os voos voltarão a ser ofertados normalmente.

 

Viracopos-Lages
Redução de seis para quatro voos semanais (8 de maio a 3 de setembro)

Sem título-2

 

 


Atualizado em Qua, 19 de Abril de 2017 16:32
 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 15:23

O convênio 36/2007 expirou em 11/04. Todo ano era renovado e prestado contas sobre a população assistida.

 

Na tarde desta terça-feira (18), o laboratório do CAV/UDESC deixou de receber o malote remetido para análises de DNA. O Instituto Paternidade Responsável é quem [...]

O convênio 36/2007 expirou em 11/04. Todo ano era renovado e prestado contas sobre a população assistida.

 

Na tarde desta terça-feira (18), o laboratório do CAV/UDESC deixou de receber o malote remetido para análises de DNA. O Instituto Paternidade Responsável é quem fazia a logística dos testes repassada pela Comarca de Lages, oriundos das Comarcas de Santa Catarina.


Os exames pararam em Lages, pelo fato da Secretaria de Estado da Saúde não renovar o convênio 36/2007 que expirou em 11/04/17.
"Quem perde é a população que não tem condições de pagar pela realização do exame particular", diz a presidente do IPR, Rita Medeiros.
Nestes 10 anos de convênio 17.355 kits foram enviados para as Comarcas. Destes, já atendeu cerca de, 14.191 casos. Ao todo 13.763 laudos foram entregues.

 

Na ocasião – Parceiros

 

O Tribunal de Justiça firmou o Convênio nº 36 de 12 de abril de 2007 com o Ministério Público do Estado de Santa Catarina – Procuradoria-Geral de Justiça; a Secretaria de Estado da Saúde; o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Santa Catarina – COSEMS/SC; a Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC; a Fundação Instituto de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Agroveterinárias – FIEPE/CAV e o Instituto Paternidade Responsável, visando estabelecer parceria para a realização dos exames de DNA para o reconhecimento de paternidade nos procedimentos administrativos e judiciais em que fique comprovada a hipossuficiência de recursos das partes.

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 15:19

A Polícia Militar intensifica a mobilização dos 170 mil moradores de Lages em torno da Rede de Vizinhos, programa pelo qual a comunidade é incentivada a contribuir com a segurança pública. O projeto apresenta resultados positivos já no início e consolida-se rapidamente como uma eficaz fer [...]

A Polícia Militar intensifica a mobilização dos 170 mil moradores de Lages em torno da Rede de Vizinhos, programa pelo qual a comunidade é incentivada a contribuir com a segurança pública. O projeto apresenta resultados positivos já no início e consolida-se rapidamente como uma eficaz ferramenta de combate à criminalidade.


Com reuniões mensais abertas – a última foi realizada na noite de segunda-feira, dia 17 -, a PM conscientiza as pessoas sobre a importância de aderir à rede. Dados do comando do 6º Batalhão mostram que, no Centro da cidade, região com maior ocorrência de furtos, este tipo de crime caiu no primeiro trimestre do ano, especialmente no comércio. Já os roubos/assaltos tiveram queda em oito dos dez setores nos quais os bairros de Lages são divididos, o que mostra a eficácia do programa.


Surgida na década de 1970, nos Estados Unidos, onde a comunidade fazia a própria segurança com o apoio do poder público, a Rede de Vizinhos ganhou força com o avanço da tecnologia e se tornou uma importante estratégia de policiamento com os moradores fazendo a vigilância mútua das suas ruas por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp.

 

Parceria entre PM e comunidade garante antecipação e prevenção aos crimes

 

O objetivo principal da Rede de Vizinhos é prever e prevenir os crimes por meio do fortalecimento dos vínculos e maior proximidade entre a PM e os moradores, proporcionando a troca de informações sobre indivíduos, atitudes e situações suspeitas.


Os grupos são criados pelo comando do batalhão após análise da ficha de cada morador, que obrigatoriamente deve ter mais de 18 anos, a fim de evitar a infiltração de criminosos. Cada grupo, que é dividido conforme os setores da cidade, tem no mínimo um policial como administrador e observador, e mensagens que não tenham o objetivo exclusivo de contribuir com a segurança pública são proibidas, sob pena de exclusão do membro responsável pelo compartilhamento.


Placas indicativas de áreas monitoradas pela Rede de Vizinhos também são colocadas à disposição em algumas empresas do comércio local como forma de coibir as ações criminosas e incentivar os demais moradores a aderirem ao programa.

 

Serviço

 

Qualquer pessoa, desde que maior de idade, pode participar da Rede de Vizinhos, mas é permitido o ingresso de apenas um número de celular por residência em cada grupo. Interessados devem procurar o Batalhão da PM em Lages pelo telefone (49) 3221-7900 e participar da reunião mensal para preenchimento do cadastro de adesão.

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 15:13

O objetivo é propiciar um dia de integração e diversão entre os profissionais de imprensa de Lages

 

Em parceria com a Fazenda Rural Pedras Brancas e a Pousada Refúgio do Lago, a Diretoria de Turismo e a Comunicação da Prefeitura de Lages programaram para o sábado, 20 [...]

O objetivo é propiciar um dia de integração e diversão entre os profissionais de imprensa de Lages

 

Em parceria com a Fazenda Rural Pedras Brancas e a Pousada Refúgio do Lago, a Diretoria de Turismo e a Comunicação da Prefeitura de Lages programaram para o sábado, 20 de maio, uma cavalgada de confraternização com a imprensa lageana. A programação contempla a todos os que quiserem passar o dia juntos, independente de participar ou não da cavalgada, pois, será limitada a apenas 30 cavaleiros. Está, inclusive, confirmada a presença da realeza da 29ª Festa Nacional do Pinhão. Outras atividades aguardam os visitantes, que precisam confirmar a participação até o dia 18 de maio, através do e-mail:

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou pelo fone: (49) 3226 1117.

 

Confira programação completa.

 

9h00 - Atividades no Parque de Aventuras Pedras Brancas;

12h00 – Costelão - Fogo de Chão na Fazenda Pedras Brancas;

14h00 – Cavalgada na região de Pedras Brancas:

Roteiro:

- Solstício

- Mirante das Pedras Brancas

- Mirante da Cruz

-Pedra Boca da Baleia

17h00 - Retorno

20h00 - Carreteiro na Pousada Refúgio do Lago e show musical.

 

OBS: toda a organização está sendo feita em parceria com a Fazenda Pedras Brancas, Refúgio do Lago, Parque de Aventuras, Desbravadores da Serra, Cavalgada. Os costelões estão sendo patrocinados pela Relojoaria Pedrinho e pela Coopertropas. Se puderem divulgar isso, será importante.

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 15:06

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Lages deve iniciar, em breve, uma campanha junto ao comércio local para deixar ainda mais claro os valores dos produtos para o consumidor, especialmente nas vendas à prazo. O executivo Júlio Borba esteve na Câmara de Dirigentes Lojis [...]

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Lages deve iniciar, em breve, uma campanha junto ao comércio local para deixar ainda mais claro os valores dos produtos para o consumidor, especialmente nas vendas à prazo. O executivo Júlio Borba esteve na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) nesta terça-feira (18) para tratar deste e outros assuntos.

 

A legislação que estabelece as formas de divulgação dos valores dos produtos à venda já existe. A ideia fazer com os empresários compreendam e sigam as orientações conforme diz a lei. Júlio explica que tanto os valores dos produtos pagos à vista quanto à prazo devem estar óbvios para o consumidor. "É um direito do comprador saber o valor total daquilo que pretende adquirir, e não apenas o valor da parcela, por exemplo". Na campanha, o Procon pretende trabalhar primeiro com orientação aos comerciantes.

 

Em relação ao comércio local, o executivo reforça que o Procon recebe eventuais reclamações. "A maior parte das nossas demandas é das grandes de lojas de departamentos e de telefonia", explica. Os problemas com os sistemas de telecomunicação também são enfrentados pelos empresários. "O Procon se dispõe a fazer um atendimento preliminar aos comerciantes porque tem vários canais para encontrar a resolução para muitas questões e com mais agilidade".

 

Happy News com o presidente da CNDL


A CDL está organizada para trazer a Lages, no dia 8 de maio, o presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) Onório Pinheiro. Formado em Administração de Empresas, Onório vai falar sobre o cenário empresarial e político do país na atualidade. Para o Happy News, que nesta edição terá um café da manhã, são esperadas mais de cem pessoas entre jornalistas, formadores de opinião, representantes de entidades e lojistas de Lages e região.

 

"Essa será uma grande oportunidade de ouvir a opinião de um líder que percorre o Brasil inteiro e tem uma visão mais ampla sobre a temática proposta para o encontro", diz o vice-presidente de Marketing, Arnaldo Sousa.

 

Café com o associado


Uma das estratégias de aproximação da CDL com os associados é trazê-los para um encontro chamado Café com o Associado. Realizado desde o ano passado, o evento busca ouvir os anseios, propostas e sugestões dos empreendedores. Neste mês de março, o Café com o associado está agendado para o dia 27, às 8h.

 

"É fundamental estarmos cada vez mais perto uns dos outros. As boas ideias surgem assim, ouvindo o que outro tem a dizer sobre o quer e precisa. Um exemplo é o Festival de Inverno Serra Catarina, que foi proposto por um associado durante o café", destaca a presidente da CDL, Rosani Pocai.

 

Produtos e serviços da CDL


Nas reuniões quinzenais da diretoria, produtos e serviços da entidade são apresentados aos participantes. Nesta terça foi a vez do Instituto de Orientação do Varejo (Inovar). Criado em 2008, o projeto tem o objetivo de oferecer treinamentos técnicos e comportamentais para o associado.

 

A ideia é contribuir com o desenvolvimento da região por meio da capacitação dos colaboradores e gestores das empresas com cursos e palestras de qualidade. Um calendário anual de treinamentos foi mostrado à diretoria. Catarinas

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 19 de Abril de 2017 15:03

Depois de mais de dois anos de luta para a construção das passarelas da BR 282 no perímetro urbano de Lages, a deputada federal Carmen Zanotto comemora a assinatura da ordem de serviço para o projeto e construção das passarelas. A cerimônia aconteceu ontem, na sede do DNIT em Lages e conto [...]

Depois de mais de dois anos de luta para a construção das passarelas da BR 282 no perímetro urbano de Lages, a deputada federal Carmen Zanotto comemora a assinatura da ordem de serviço para o projeto e construção das passarelas. A cerimônia aconteceu ontem, na sede do DNIT em Lages e contou com a presença de representantes do Ministério de Transportes, do DNIT Nacional e também de lideranças políticas e comunitárias de todo a região.

 

No total serão construídas cinco passarelas ao longo da rodovia. Uma delas no distrito de Índios (km 206,5), Bairro bates (Km 216,0), Rua Campos Salles (km 217,4), Bairro Frei Rogério/Passo Fundo (km 218,8) e Bairros São Francisco/São Paulo (km 220,9). O valor total da obra é de R$ 5,7 milhões e o prazo é de 360 para a conclusão das passarelas, depois do projeto finalizado.

 

Embora a empresa Zanco ganhadora da licitação tenha um prazo de até seis meses para finalizar o projeto, de acordo com o Superintende Regional do DNIT, Vissilar Pretto, em 30 dias o primeiro projeto deverá ser concluído. "A empresa já sinalizou que a projeto e a obra deverão ser concluídos antes do prazo", ressalta.

 

Para a deputada Carmen Zanotto, que esteve por diversas vezes no DNIT em Brasília cobrando uma solução para a construção das passarelas, essa foi uma vitória de todas as lideranças de Lages e comunidade. "Fomos incansáveis até conseguirmos que o processo de licitação acontece e agora a assinatura da ordem de serviço. Continuarei cobrando do DNIT para que o cronograma seja respeitado e para que em breve possamos dar mais segurança a toda população que utilizada a rodovia", destaca a parlamentar.

 

Estudo de Terceira faixa

 

Durante o evento, Vissilar Pretto apresentou um estudo que foi realizado pelo DNIT para os serviços de terraplanagem, pavimentação, transporte de material betuminoso, drenagem e sinalização para a construção de terceira faixa na BR-282 entre Lages e Palhoça. As estimativas de custo são de R$ 1,5 milhão por km de implantação de terceira faixa, um total de R$ 30,5 milhões para implantação nos segmentos críticos, onde há maior incidência de acidentes. O custo para soluções básicas para os aterros críticos também foi orçado em R$ 41,5 milhões.

 

Sobre a retirada das árvores ao longo da rodovia Vissilar afirmou que inventário florestal deve iniciar em 15 dias, pois já foi realizada a licitação.

 

Estudo de Concessão

 

Segundo o Diretor do Departamento de Concessões do Ministério dos Transportes, Fábio Luiz Lima de Freitas, está sendo realizado o estudo de concessões nas rodovias federais de Santa Catarina, para ele a logística de escoamento da produção do Estado será beneficiada com a concessão. "Queremos apresentar para a sociedade o projeto que melhor representa a sua vontade", salienta.

 

A deputada Carmen lembrou que este é apenas um estudo e para que a concessão seja realmente realizada será feito muitos debates e audiência pública.

 

Ainda participaram do evento o diretor executivo do DNIT, Halpher Luiggi, o deputado federal Jorguinho Mello, o prefeito de Lages Antonio Ceron, o presidente da Acil, Sadi Montemezzo, a presidente da Câmara de Vereadores de Lages, Aida Hoffer, os prefeitos da região da Amures e os presidentes das Associações de Moradores de alguns bairros de Lages.

 


Vídeo em Destaque

Programa Papo De Mulher: Escolha das Soberanas da Festa do Pinhão 2017
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher