Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • bm3 comunica

  • novobm3

Encontre no portal
POLÍTICA
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 07:32

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural juntamente com a Frente Parlamentar da Agropecuária - FPA, debateu amplamente nesta quinta-feira (25), os cinco anos de aprovação e aplicação do novo Código Florestal (Lei 12.651/12).

 

Para o [...]

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural juntamente com a Frente Parlamentar da Agropecuária - FPA, debateu amplamente nesta quinta-feira (25), os cinco anos de aprovação e aplicação do novo Código Florestal (Lei 12.651/12).

 

Para o deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC), membro titular da Comissão e integrante da Frente, o debate é importante para esclarecer os avanços e as consequências positivas, além dos desafios e os entraves para a sua completa implantação.

 

O novo Código Florestal estabelece normas gerais sobre a proteção e exploração de florestas e outros tipos de vegetação; além de recursos hídricos em propriedades de produção pecuária e agrícola. Também traz parâmetros para a delimitação de áreas de preservação permanente e de reserva legal. O código prevê ainda mecanismos de prevenção de incêndios florestais e instrumentos econômicos e financeiros para garantir a preservação da mata nativa.

 

No registro, a distribuição do material impresso que trouxe esclarecimentos do que trata a lei para estudantes e agricultores.

Raquely Benedet Cella

 
Publicado por Cris Menegon Sáb, 20 de Maio de 2017 08:31

Teve aprovação plenária na Câmara de Lages o requerimento 077/2017, que sugere que o Plenário Nereu Ramos do Poder Legislativo Lageano seja ornamentado com uma decoração em vermelho no próximo mês, em alusão ao Junho Vermelho, movimento mundial dedicado à doação de sangue. A matéria [...]

Teve aprovação plenária na Câmara de Lages o requerimento 077/2017, que sugere que o Plenário Nereu Ramos do Poder Legislativo Lageano seja ornamentado com uma decoração em vermelho no próximo mês, em alusão ao Junho Vermelho, movimento mundial dedicado à doação de sangue. A matéria proposta pelo vereador Lucas Neves (PP) ainda destaca que no dia 14 de junho é celebrado em todo o mundo o Dia do Doador de Sangue.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 18 de Maio de 2017 08:17

Na manhã desta quarta-feira (17) a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou projeto que institui a Política Nacional da Erva-Mate - PL 4137/15, para estimular a cadeia produtiva da erva, muito tradicional em estados do sul do País.

 

O deputado federal [...]

Na manhã desta quarta-feira (17) a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou projeto que institui a Política Nacional da Erva-Mate - PL 4137/15, para estimular a cadeia produtiva da erva, muito tradicional em estados do sul do País.

 

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC), membro da comissão, comemorou a aprovação do projeto, pois Santa Catarina é o maior produtor de erva-mate do país.

 

Maldaner explica que é bom ter uma política nacional para o setor que adota entre seus princípios e diretrizes a sustentabilidade ambiental, econômica e social da cadeia produtiva; a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico; e o incentivo ao desenvolvimento de novos mercados. "O projeto sugere crédito oficial para a produção, a industrialização e a comercialização do produto, a assistência técnica e a extensão rural; o seguro rural e a promoção de ajustes normativos, entre outros", comemorou.

 

Como a proposta tramita em caráter conclusivo e já foi aprovada pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, ela deverá seguir para análise do Senado.

 

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 17 de Maio de 2017 08:21

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) participou na manhã desta terça-feira (16) da abertura da 20ª edição da Marcha em Defesa dos Municípios que está acontecendo nesta semana em Brasília e que contou com a presença do presidente Michel Temer.

 

Maldaner explic [...]

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) participou na manhã desta terça-feira (16) da abertura da 20ª edição da Marcha em Defesa dos Municípios que está acontecendo nesta semana em Brasília e que contou com a presença do presidente Michel Temer.

 

Maldaner explica que após duas décadas de realização, a Marcha se consagra como o maior evento político do mundo em termos de número de autoridades presentes. Gestores municipais de todos os Estados estão em Brasília para discutir, junto de representantes das três esferas do Poder, problemas que atingem os Municípios, suas possíveis soluções e, com isso, definir e alinhar a pauta prioritária do movimento municipalista brasileiro. "Vale ressaltar que ninguém vive na Federação, as pessoas moram e buscam soluções para suas demandas nos municípios. Precisamos dar a nossa contribuição para que os municípios possam sair desta situação de completo esgotamento destravando importantes pautas municipalistas à exemplo do Imposto Sobre Serviços (ISS) que teve pontos vetados pelo governo e que trabalhamos pela derrubada, pois garante a desconcentração de recursos arrecadados em operações de cartões de crédito e débito, de arrendamento mercantil e de serviços de saúde", defendeu.

 

Em seu discurso, o presidente Michel Temer ressaltou avanços na área econômica como a aprovação de reformas, a redução da inflação e da taxa de juros. Temer destacou que a taxa deve chegar a "um digito só" no futuro e assinou uma medida provisória que permite o parcelamento da dívida dos municípios com o INSS em até 200 parcelas, com redução dos juros em até 80% e redução de 25% nas multas e encargos da dívida.

 

Dentre os projetos destacados pela Confederação Nacional dos Municípios estão a simplificação da Prestação de Contas dos Pequenos Municípios; Atualização Monetária dos Valores dos Programas Federais; Reforma Tributária; Encargo Vinculado ao Repasse Necessário; além de reajustes no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), no Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate) e no atual incentivo para custeio das unidades de Pronto Atendimento (UPAs), além das reformas trabalhista e previdenciária.

 


Santa Catarina está representada

Mais de 300 catarinenses, entre prefeitos e prefeitas, vices, vereadores e membros da administração pública também participam do evento.

Raquely Benedet Cella

 

maldddd

 
Publicado por Cris Menegon Ter, 16 de Maio de 2017 08:55

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade a moção legislativa 096/2017, a qual manifesta contrariedade à proposta de emenda constitucional 287/2017, a chamada PEC da Previdência Social, que propõe reforma na seguridade social em vigência no país. O documento foi proposto pela presidente [...]

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade a moção legislativa 096/2017, a qual manifesta contrariedade à proposta de emenda constitucional 287/2017, a chamada PEC da Previdência Social, que propõe reforma na seguridade social em vigência no país. O documento foi proposto pela presidente do Legislativo Lageano, Aida Hoffer (PSD), e tem a co-autoria de todos os vereadores de Lages.

 

De acordo com a moção, se aprovada, a PEC penalizará a grande maioria da população brasileira, pois criará mecanismos drásticos que pretendem somar tempo e idade, o que praticamente inviabilizará que se obtenha a aposentadoria tal como acontece hoje. "Todas as classes estão envolvidas neste processo para que esta PEC da Previdência não tenha êxito. Sabemos que algumas mudanças são necessárias, mas do jeito que está, são necessárias emendas que não comprometam o trabalhador", disse na tribuna o vereador Gerson, líder do governo no Legislativo Lageano.

 

A PEC 287 suprime as regras atuais de aposentadoria para todos os trabalhadores e trabalhadoras que ainda não chegaram aos 50 e 45 anos, respectivamente, e também para quem ainda vai entrar no mercado de trabalho. A população que já chegou às idades de 50 e 45 anos será obrigada a pagar um pedágio de 50% de tempo a trabalhar em relação ao tempo que ainda faltaria para se aposentar.

 

A referida proposta ainda extingue as regras atuais de previdência aos servidores do magistério, bem como aos trabalhadores rurais, para categoria da regra geral. "O atual Governo Federal fala em déficit da Previdência Social, mas não é permitido fazer uma auditoria por entidades especializadas da sociedade civil, nem é realizada a execução fiscal dos grandes devedores da previdência", apresenta a moção legislativa.

 

A matéria foi encaminhada ao presidente da Câmara dos Deputados Federais, Rodrigo Maia; ao presidente do Senado Federal, Eunício de Oliveira; à bancada catarinense no Senado composta pelos senadores Delírio Beber, Dário Berger, Paulo Bauer; e à bancada de Santa Catarina na Câmara Federal, dos quais fazem parte os deputados Carmen Zanotto, Celso Maldaner, Cesar Souza, Décio Lima, Esperidião Amin, Giovana de Sá, João Paulo Kleinübing, João Rodrigues, Jorge Boeira, Jorginho Melo, Marco Tebaldi, Mauro Mariani, Pedro Uczai, Rogério Peninha Mendonça, Ronaldo Benedet e Valdir Colatto.

 
Publicado por Cris Menegon Seg, 15 de Maio de 2017 09:29

Os líderes do PMDB do estado, estiveram com a agenda lotada nas cidades de Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra e Canoinhas no último fim de semana, trata-se do Projeto "15 em Movimento".


Foram dois dias escutando a sociedade civil e militantes do partido, para que possam juntos enco [...]

Os líderes do PMDB do estado, estiveram com a agenda lotada nas cidades de Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra e Canoinhas no último fim de semana, trata-se do Projeto "15 em Movimento".


Foram dois dias escutando a sociedade civil e militantes do partido, para que possam juntos encontrar soluções para grande demanda da região.
O Objetivo é a descentralização e percorrer todas as regiões do estado até o fim do ano e juntos encontrar soluções para que o PMDB possa ajudar todas as regiões do estado. Isso tudo visionando as eleições de 2018.


A região Serrana de SC, terá a visita dos líderes do PMDB na data de 04 de agosto, onde percorrem a cidade de São Joaquim e Lages, sendo que a visita do PMDB Mulher será antes, no dia 15 de julho.


Até outubro deste ano serão 36 roteiros regionais e mais 9 eventos do PMDB Mulher, que também atua na construção de um banco de dados que possa amparar a construção de um novo projeto para Santa Catarina em 2018.

 

Modernização da Legislação Trabalhista


O Deputado Federal Celso Maldaner, aproveitou o encontro para falar da modernização da legislação Trabalhista. O Deputado explica que a modernização na legislação é importante e necessária, pois ela existe desde 1943 e precisa incorporar a realidade de profissões que nem existiam naquela época, além de dar segurança jurídica para empregados e empregadores e garante que nenhum direito será tirado dos trabalhadores.


"Nós não mexemos na constituição Federal apenas aprimoramos e modernizamos o fundo de garantia, décimo terceiro e aviso prévio e ainda aprovamos a quarentena de 18 meses com as mesmas condições do trabalhador formalizado, aprovamos essa quarentena de segurança para o trabalhador terceirizado com as mesmas condições seja em transporte, saúde, uniformes e higiene. Porque hoje temos 97 milhões de trabalhadores e destes apenas 38 milhões são formalizados e com certeza iremos mexer na economia e atender a todos que queiram trabalhar nesse país. Nunca tiramos nenhum direito do trabalhador, pelo contrário queremos formalizar para dar mais segurança", finaliza deputado.

 

Informações e fotos PMDB.

 

2220op155t

e278e758-bebf-49f9-b5d8-df2bec79bd26597000e1-a7c6-4ee5-890b-164f1bb2c9ec18424107 807135126118210 3240636010907338295 n18519529 807135426118180 6082170775843019183 n18424107 807135126118210 3240636010907338295 n18485757 806987532799636 7602715006030048532 n


Atualizado em Seg, 15 de Maio de 2017 09:50
 
Publicado por Cris Menegon Sex, 12 de Maio de 2017 08:06

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) participou nesta quarta-feira (10), em Brasília, nas dependências do Congresso Nacional, do XVII Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas realizado pela Confederação Nacional do Transporte – CNT em conjunto com a Comissão de Via [...]

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) participou nesta quarta-feira (10), em Brasília, nas dependências do Congresso Nacional, do XVII Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas realizado pela Confederação Nacional do Transporte – CNT em conjunto com a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados.

 

Maldaner explica que o objetivo do encontro é reunir o empresariado do setor de transportes de cargas, lideranças, parlamentares, autoridades governamentais, integrantes do meio acadêmico, técnicos especializados e a sociedade em geral, a fim de discutir atividades que viabilizem propostas referentes às áreas voltadas ao setor de transporte de cargas.

 

"Debatemos de forma produtiva a regulamentação das leis e as reformulações das já existentes para o setor de transporte, além de outras questões fundamentais para o desenvolvimento do País no que diz respeito ao transporte rodoviário de cargas", destacou.


Um dos temas destaques do encontro é a Reforma Trabalhista. Nesse campo, o setor do transporte, além de avaliar como indispensável sua aprovação, espera dar início a um processo de desconstrução da cultura protecionista que, historicamente, marca as decisões da Justiça do Trabalho. Por esse motivo, as reivindicações do setor estão ancoradas, principalmente, na regulamentação de contratos de serviços especializados – a chamada terceirização –, na prevalência do negociado sobre o legislado em questões como salário e tamanho da jornada dos trabalhadores e na redução de ações trabalhistas sem necessidade.

 

Raquely Benedet Cella

 
Publicado por Cris Menegon Sáb, 06 de Maio de 2017 08:13

Com o objetivo de contribuir para a melhora na segurança pública de Lages, o vereador Maurício Batalha Machado (PPS) teve aprovado dois documentos na sessão de terça-feira (2). O requerimento 058/2017 é referente ao Canil Setorial da Policia Militar em Lages, enquanto o 060/2017 solicita in [...]

Com o objetivo de contribuir para a melhora na segurança pública de Lages, o vereador Maurício Batalha Machado (PPS) teve aprovado dois documentos na sessão de terça-feira (2). O requerimento 058/2017 é referente ao Canil Setorial da Policia Militar em Lages, enquanto o 060/2017 solicita informações sobre o Posto Avançado do Corpo de Bombeiros, na Área Industrial.

 

De acordo com o primeiro requerimento é crescente a criminalidade na cidade. "Apresentamos essa matéria em busca de esclarecimentos sobre o funcionamento e estrutura do Canil Setorial da PMSC em Lages, tendo em vista que a modalidade de policiamento com cães é de grande importância para a população lageana e contribuirá para a diminuição dos índices de crimes", justifica o vereador.

 

A matéria aprovada será enviada ao comandante da 2ª Região de Polícia Militar, coronel Dionísio Tonet.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 05 de Maio de 2017 08:11

Aprovado na sessão de terça-feira (2), o pedido de informação 031/2017 solicita ao Executivo Municipal esclarecimentos sobre como ficará a situação dos usuários da área azul que cadastraram seus automóveis de forma pré-paga, adquirindo créditos para estacionar nas ruas da cidade, conf [...]

Aprovado na sessão de terça-feira (2), o pedido de informação 031/2017 solicita ao Executivo Municipal esclarecimentos sobre como ficará a situação dos usuários da área azul que cadastraram seus automóveis de forma pré-paga, adquirindo créditos para estacionar nas ruas da cidade, conforme estabelecia o sistema digital.

 

De autoria do vereador Luiz Marin (PP), o documento questiona se as pessoas que possuem créditos para o estacionamento rotativo perdem o que pagaram ou se haverá alguma forma de ressarcimento. O programa Área Azul deixou de operar de forma digital, retornando ao uso dos blocos de papel no dia 17 de abril deste ano.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 04 de Maio de 2017 10:07

Está previsto na pauta da Câmara a análise de alguns vetos, dentre eles os da Reforma do ISS aprovado pela Câmara e pelo Senado no ano passado, porém com alguns dispositivos que tratam da mudança do local de recolhimento do imposto vetado pelo governo federal como, à exemplo de serviços d [...]

Está previsto na pauta da Câmara a análise de alguns vetos, dentre eles os da Reforma do ISS aprovado pela Câmara e pelo Senado no ano passado, porém com alguns dispositivos que tratam da mudança do local de recolhimento do imposto vetado pelo governo federal como, à exemplo de serviços de leasing, planos de saúde e cartão de crédito.

 

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC) que trabalha derrubada do veto, defende que a reforma do ISS garante a desconcentração de receitas. "Hoje, boa parte dos recursos concentram-se em Brasília, na esfera federal. No entanto, ninguém vive na Federação, as pessoas moram e buscam soluções para suas demandas nos municípios. Portanto estes recursos geram estimulo à economia local, possibilitando os investimentos em políticas públicas locais e justiça fiscal", destacou.

 

Maldaner explica que se este veto não for derrubado, os Municípios deixarão de receber cerca de R$ 6 bilhões de reais, sendo que em Santa Catarina, os municípios perdem cerca de R$ 200 milhões todos os anos. Atualmente, cerca de 120 municípios arrecadam mais de 80% do ISS.

 

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) emitiu um alerta sobre o assunto e o parlamentar apelou aos colegas através de discurso na Tribuna.

 

"Trata-se de um importante recurso de reforço às arrecadações municipais. Por este motivo, considero fundamental a derrubada deste veto", defendeu.

 

Mais informações:
Raquely Benedet Cella

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 04 de Maio de 2017 09:12

Nesta quarta-feira (3), acontece a sessão especial de abertura da campanha Maio Amarelo em Lages, a partir das 19 horas, no Plenário Nereu Ramos da Câmara. A iniciativa partiu da presidente do Legislativo, vereadora Aida Hoffer (PSD), que teve aprovado pelos pares o requerimento 043/17. O movi [...]

Nesta quarta-feira (3), acontece a sessão especial de abertura da campanha Maio Amarelo em Lages, a partir das 19 horas, no Plenário Nereu Ramos da Câmara. A iniciativa partiu da presidente do Legislativo, vereadora Aida Hoffer (PSD), que teve aprovado pelos pares o requerimento 043/17. O movimento tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

 

Tendo como slogan "Atenção pela Vida", o Maio Amarelo é uma ação de nível mundial desenvolvida entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada pessoa dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 04 de Maio de 2017 08:41

Audiência pública em conjunta do Senado e da Câmara para debater as consequências para o agronegócio do recolhimento do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) aconteceu na manhã desta quarta-feira (3).

 

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) [...]

Audiência pública em conjunta do Senado e da Câmara para debater as consequências para o agronegócio do recolhimento do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) aconteceu na manhã desta quarta-feira (3).

 

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) realizou na manhã desta quarta-feira (3) audiência pública em conjunta do Senado e da Câmara para debater as consequências para o agronegócio do recolhimento do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

 

O deputado federal Celso Maldaner (PMDB/SC), membro titular da Comissão da Agricultura da Câmara dos Deputados e da Frente Parlamentar da Agropecuária, explica que o principal motivo do debate é a preocupação com os possíveis efeitos para o agronegócio da cobrança do tributo, já que o setor tem participação expressiva no Produto Interno Bruto (PIB).

 

O Funrural é uma contribuição social destinada a custear a seguridade geral (previdência). O tributo é cobrado sobre o resultado bruto da comercialização rural e descontado, pelo adquirente da produção, no momento da comercialização. Em 2011, essa contribuição previdenciária foi considerada ilegal pelo STF, o que fez muitos agricultores deixarem de recolher o imposto, porém no final deste mês de março, o imposto foi tornado constitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) obrigando o empregador rural pessoa física a contribuir, ficando estabelecido que as dívidas devem ser pagas retroativamente, ou seja, que sejam feitos os pagamentos em atraso.

 

Em sua contribuição, Maldaner disse que há uma responsabilidade grande com o povo brasileiro, mas que o setor produtivo está "cansado de carregar o maior inimigo do Brasil, que é o excesso de estado".

 

Foram convidados para participar da audiência o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn; o secretário Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Ramos Roseno; o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil, Márcio Lopes de Freitas; e o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), Alberto Ercílio Broch, além de representantes da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), Associação Nacional da Pecuária Intensiva, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil.

 

 
Início
Anterior
1
Página 1 de 71

Vídeo em Destaque

Programa Papo De Mulher: Escolha das Soberanas da Festa do Pinhão 2017
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher