Aproveite o melhor do Portal Cris Menegon! Mantenha seu Navegador sempre atualizado. Baixe o Internet Explorer 9
  • bm3 comunica

  • novobm3

Encontre no portal
TECNOLOGIA
Publicado por Cris Menegon Sex, 26 de Maio de 2017 08:07

Com o intuito de abordar questões ligadas à Gestão de Tecnologia da Informação (TI), a Vertical de Gestores de TI do Órion Parque Tecnológico promoverá, no dia 1º de junho, um workshop com o tema: Desmistificando as certificações em Gestão de TI.

 

O evento, além [...]

Com o intuito de abordar questões ligadas à Gestão de Tecnologia da Informação (TI), a Vertical de Gestores de TI do Órion Parque Tecnológico promoverá, no dia 1º de junho, um workshop com o tema: Desmistificando as certificações em Gestão de TI.

 

O evento, além de aprimorar e reafirmar a importância da Gestão de T.I. nas pequenas, médias e grandes empresas, proporcionará uma aproximação entre os gestores para trocas de experiências e informações.

 

Os workshops trarão ao Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira um dos fundadores do site ITSM na Prática, Renê Chiari, que construiu sua carreira em grandes corporações do ramo de TI e consultorias especializadas, atuando como consultor e instrutor em dezenas de projetos. Tem dezenas de artigos publicados e é autor do pocket book "ITIL na Prática: Gerenciando Problemas de Infraestrutura e Serviços de TI".

 

Evento aberto ao público (Ingressos à R$10,00):

 

01/06:

19h20: Abertura – Apresentação Órion Parque Tecnológico

19h30: Workshop - Desmistificando as certificações em Gestão de TI com Renê Abrileri Chiari

22h00: Encerramento das Atividades

Inscrições: https://goo.gl/kZ2vVv

 

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 05 de Maio de 2017 08:03

Ontem (04) o Parque Orion em Lages, foi palco de mais um evento sobre tecnologia, o Road Show SC+Inovação.

 

Trata-se da terceira ediçaõ do Road Show SC + Inovação. O evento teve como foco os desafios dos municípios diante da crise, a importância de uma gestão públi [...]

Ontem (04) o Parque Orion em Lages, foi palco de mais um evento sobre tecnologia, o Road Show SC+Inovação.

 

Trata-se da terceira ediçaõ do Road Show SC + Inovação. O evento teve como foco os desafios dos municípios diante da crise, a importância de uma gestão pública de alto desempenho e de políticas voltadas ao desenvolvimento sustentável das cidades. Também foram apresentados cases de sucesso.

 

Pausa para uma selfi com o Presidente da Rede Catarinense de Inovação (Recepeti), Rui Luiz Gonçalves, presidente do Instituto Órion Parque, Roberto Rogério do Amaral, O blogueiro e amigo Milton Barão e claro euzinha a rainha das selfis.


Atualizado em Sex, 05 de Maio de 2017 08:08
 
Publicado por Cris Menegon Qua, 03 de Maio de 2017 10:25

A terceira edição do Road Show SC+Inovação da Recepeti acontece nesta quinta-feira (04) a partir das 14h, no Órion Parque em Lages. O evento foca no desafio do desenvolvimento por meio da inovação e reunirá lideranças e empreendedores locais, membros de comitês de implantação dos Cent [...]

A terceira edição do Road Show SC+Inovação da Recepeti acontece nesta quinta-feira (04) a partir das 14h, no Órion Parque em Lages. O evento foca no desafio do desenvolvimento por meio da inovação e reunirá lideranças e empreendedores locais, membros de comitês de implantação dos Centros de Inovação de Santa Catarina, representantes de Instituições de Ensino, entidades empresariais e representantes do governo e será aberto ao público.

 

Contará com a presença do presidente da Recepeti, Rui Luiz Gonçalves, do secretário de Desenvolvimento Econômico de Palhoça e Diretor Administrativo Financeiro da Recepeti, Marcelo Fett, e do Diretor de Relações Institucionais e Presidente do Instituto Órion, Roberto Amaral. "Estamos unindo forças no Órion Parque para compartilhar conhecimento ao maior número de pessoas, no que tange a comunicação, tecnologia e inovação. Essa parceria com a Recepeti vem a fortalecer o compromisso do Órion, de criar vertentes para driblar a crise e gerar boas prospecções de negócios", aponta Roberto Amaral.

 

As duas primeiras edições do Road Show SC+Inovação foram realizadas nos municípios de Blumenau e Itajaí, respectivamente. Em Lages, o evento abordará temas como o protagonismo do Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira em Santa Catarina, Gestão e Inovação para o desenvolvimento econômico das cidades, promoção da tríplice-hélice, além de amostras de cases de sucesso.

 

Serviço

O que? Road Show SC+Inovação

Quando? Dia 04 de maio (quinta-feira) a partir das 14h

Onde? Órion Parque Tecnológico- Rua Heitor Villa Lobos, 525, bairro São Francisco

Entrada gratuita

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 13 de Abril de 2017 08:23

A empresa Echosis, de Lages, realiza no próximo dia 11 de maio, no Orion Parque, o Digital Grow, um evento com apresentação de cases e palestras focado nas mais importantes tendências, estratégias e ferramentas do Marketing Digital.

 

Serão quatro horas de evento, das 1 [...]

A empresa Echosis, de Lages, realiza no próximo dia 11 de maio, no Orion Parque, o Digital Grow, um evento com apresentação de cases e palestras focado nas mais importantes tendências, estratégias e ferramentas do Marketing Digital.

 

Serão quatro horas de evento, das 18h até 22h, com a presença de nomes importantes da área.O público alvo são empreendedores, profissionais e estudantes das áreas de vendas, marketing, publicidade, social media, tecnologia, comunicação e gestão.

 

Na lista de palestrantes estão Julio Assimi, gerente de parcerias da Resultados Digitais; Theo Orosco, co-fundador e CEO da Exact Sales; Pedro Clivati, co-fundador da Contentools; Vinícius Gucvi, gerente de marketing e produção do Grupo 1007 Brasil; Eduardo Rodrigues, da Exact Sales.

 

As inscrições podem ser feitas pelo site e os associados da ACIL possuem desconto especial. Mais informações em www.digitalgrow.com.br

 

Debora Puel

 
Publicado por Cris Menegon Ter, 11 de Abril de 2017 07:45

O Governo de Santa Catarina deu nesta segunda-feira, dia 10, mais um passo para consolidar o Orion Parque Tecnológico, em Lages, como centro de excelência em pesquisa, gestão do conhecimento e inovação. O espaço foi o primeiro a ser inaugurado entre os 13 em construção no Estado.

[...]

O Governo de Santa Catarina deu nesta segunda-feira, dia 10, mais um passo para consolidar o Orion Parque Tecnológico, em Lages, como centro de excelência em pesquisa, gestão do conhecimento e inovação. O espaço foi o primeiro a ser inaugurado entre os 13 em construção no Estado.


Por meio do Centro de Informática e Automação de SC (Ciasc), foi disponibilizado um link de internet de 100 MB para utilização do Orion, que não terá custos. A parceria foi firmada por um termo de cooperação assinado entre o presidente do Ciasc, Ivan Ranzolin; o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte; o diretor da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Jean Vogel; e o presidente do Instituto Orion, Roberto Amaral.


"Essa parceria é importante para que a conexão gere ainda mais benefícios não apenas para Lages, mas para todo o Estado", diz Jean Vogel.
"Com uma internet de grande qualidade no Orion, ganham os empresários e os empreendedores. Vamos expandir o Ciasc para gerar economia e deixar o dinheiro no Governo do Estado, sem a necessidade de contratar empresas privadas do ramo", completa Ivan Ranzolin.

 

Rede de fibra ótica de internet deve ser iniciada ainda este ano em Lages

 

Outro projeto do Ciasc prestes a entrar em operação em Lages é a Rede Infovia SC, já existente em cidades como Blumenau, Florianópolis e Joinville. Com investimentos de R$ 3 milhões, o Ciasc distribuirá nos próximos meses uma rede de mais de 100 quilômetros de fibra ótica, com conexão de 10 GB, entre órgãos públicos municipais, estaduais e federais, como secretarias, escolas, postos de saúde e aeroporto.


A intenção, segundo o presidente Ivan Ranzolin, é executar as obras ainda este ano. A proposta é que cada escola, por exemplo, tenha no mínimo 100 MB de internet à disposição. A rede atende atualmente 14 órgãos em Lages, e a expansão utilizará o cabeamento subterrâneo já existente no Centro da cidade.
A quantidade e os locais atendidos estão em levantamento, e a ideia é promover uma transformação a exemplo de Joinville, que iniciou com 80 e hoje já tem mais de 400 pontos contemplados.

 
Publicado por Cris Menegon Sáb, 25 de Março de 2017 08:39

Uma ideia para se copair em Lages, pois a falta de moedas é algo preocupante. Em Florianópolis a falta delas tem dificultado a vida de comerciantes e do consumidor. Para ajudar a resolver esta situação o Consórcio Fênix instalou na entrada da plataforma B do TICEN, no Centro, um equipamento [...]

Uma ideia para se copair em Lages, pois a falta de moedas é algo preocupante. Em Florianópolis a falta delas tem dificultado a vida de comerciantes e do consumidor. Para ajudar a resolver esta situação o Consórcio Fênix instalou na entrada da plataforma B do TICEN, no Centro, um equipamento que recolhe os valores e emite um cupom, que pode ser utilizado para compra de créditos, pagamento da passagem das linhas municipais de Florianópolis ou ainda trocar por dinheiro. Em poucos dias, a iniciativa, a primeira implantada em um terminal de ônibus em todo o país, já arrecadou mais de 3.500 moedas.

 

Operar o CataMoeda é muito fácil: a pessoa coloca as moedas na bandeja, o equipamento pesa em tempo real e emite o comprovante do valor depositado. Em todo o país já são 314 máquinas – que receberam mais de 100 milhões de moedas – em 23 estados, além do Distrito Federal. Desenvolvido por uma startup de Florianópolis, foi criado para solucionar o problema da falta de troco de maneira criativa, oferecendo diversas opções para a troca de moedas.

 

"Vivemos a escassez de moedas em circulação, principalmente as de cinco e dez centavos. Por isso temos mantido conversação com o comércio local e com a Prefeitura, além de convidar o cidadão a trocar suas moedas no Catamoeda que está instalado na entrada da plataforma B do TICEN", explica Rodolfo Guidi, coordenador técnico do Consórcio Fênix. "Mesmo sendo um valor relativamente baixo, o Consórcio já considera a experiência exitosa e acredita que o uso do CataMoeda deve se intensificar ao longo do tempo", completa.

 

Para reforçar a divulgação, ações como panfletagens, campanhas de busdoor nas linhas 210 - TICAN-TICEN Direto e 410 - TIRIO-TICEN Direto (que recebem grande demanda diária), além da área especial no site consorciofenix.com.br/catamoeda e cartazes nos terminais da cidade.

 

Outra ação para contribuir a resolver a carência do dinheiro metálico, a sugestão do Consórcio Fênix é para que as pessoas façam a recarga do cartão, assim como a troca de moedas, de forma a agilizar seu embarque e contribuir para o troco de outros passageiros. "Convidamos o usuário do transporte coletivo também a fazer a compra antecipada de crédito, com o benefício de valores menores na tarifa. Além disso, ele fica livre das filas nas bilheterias e pode embarcar nos ônibus de forma mais ágil", finaliza Guidi.

 

Como funciona o CataMoeda:


1 - Deposite suas moedas: selecione a opção desejada e deposite suas moedas. Não é necessário separá-las.
2 - Acompanhe a contagem: suas moedas são contabilizadas pela máquina em tempo real.
3 - Retire o cupom: a máquina emitirá um comprovante com todos os dados do seu depósito.
4 - Troque seu cupom: faça suas compras no Passe Rápido utilizando o seu cupom.

palavra.com


Atualizado em Sáb, 25 de Março de 2017 08:43
 
Publicado por Cris Menegon Sex, 24 de Março de 2017 08:12

Com uma grande festa e muita gente importante, o Governador Raimundo Colombo inaugurou o Auditório da Acil na noite desta quinta-feira (23),O Estado foi parceiro da reforma, via Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), com R$ 700 mil. O local tem capacidade para 300 pessoas s [...]

Com uma grande festa e muita gente importante, o Governador Raimundo Colombo inaugurou o Auditório da Acil na noite desta quinta-feira (23),O Estado foi parceiro da reforma, via Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), com R$ 700 mil. O local tem capacidade para 300 pessoas sentadas e conta com sistema de climatização, som, iluminação, camarim, saída de emergência e acessibilidade.

 

"Historicamente, a Acil presta um trabalho extraordinário para o desenvolvimento de toda a região. E o novo espaço vai servir para o debate e a definição das ações para o bem de toda a sociedade. Nada mais justo que reconhecer e apoiar esse trabalho", destacou o governador.

 

O espaço tem capacidade para 300 pessoas sentadas e conta com sistema de climatização, som, iluminação, camarim, saída de emergência e acessibilidade. A principal novidade é a possibilidade de realizar almoços e jantares no próprio espaço, o que antes era impossível por conta das poltronas fixas.

 

Palestra do governador abordou desafios da realidade política e econômica no país

 

Na palestra de abertura do novo auditório da Acil, o governador Raimundo Colombo falou sobre o atual momento político e econômico do país, e dos desafios enfrentados pelo Estado diante da forte recessão econômica.

 

Colombo destacou o protagonismo da sociedade ao cobrar um Estado mais eficiente e a importância de surgirem líderes, em todos os segmentos, comprometidos com a construção de um novo modelo. "Todos precisam contribuir e também apoiar o que pode dar certo. É necessário que as reformas ocorram ou o sistema vai se romper", ressaltou Colombo ao explicar que Santa Catarina já fez, por exemplo, mudanças fundamentais como a reforma da previdência pública, para conter o déficit do sistema.

 

O governador argumentou que o Estado, por um conjunto de ações, como maior rigor nos gastos, investimentos em setores estratégicos e pela decisão de não aumentar impostos, será o primeiro a sair da crise.

 

"Graças a esse esforço, e não só do Governo, mas de todo o catarinense que trabalha e não se curva diante das dificuldades, conseguimos ser competitivos, para atrair novos investimentos. Somos uma potência no agronegócio e em tantos outros indicadores, e por isso não vamos desanimar. Há um processo de mudança em curso e teremos que ser fortes e responsáveis para construir a ponte do futuro sobre essas adversidades", concluiu.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 24 de Março de 2017 08:11

Com intuito de mostrar as estruturas do Centro de Inovação e debater alguns assuntos relacionados ao desenvolvimento da região serrana, o presidente do Órion Parque Tecnológico, Roberto Amaral, recepcionou o grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o chefe do [...]

Com intuito de mostrar as estruturas do Centro de Inovação e debater alguns assuntos relacionados ao desenvolvimento da região serrana, o presidente do Órion Parque Tecnológico, Roberto Amaral, recepcionou o grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o chefe do departamento de Diálogos Sociais da Secretaria Nacional de Articulação Social da Presidência da República, João Mendes da Rocha Neto, na sede do Órion Parque na tarde desta quinta-feira (23).

 

Para Roberto Amaral, a presença do grupo contribui para a visibilidade do Órion Parque. "Estamos muito felizes em receber pessoas desse gabarito e poder mostrar o potencial de Lages em termos de Inovação. Estamos tomando uma série de medidas para agregar valor àquilo que é produzido aqui e que seja genuinamente da região, como o queijo serrano, a maçã Fuji serrana, a carne das tropas, enfim, todos os produtos que podem nos trazer um retorno considerável em economia e turismo", afirma.

 

O grupo está de passagem por Lages e participará do encontro da Rede de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável: Patrimônio Cultural e Indicação Geográfica em Urubici. João Neto, que está com projeto de pesquisa sobre Inovação na Gestão e Extensionismo Institucional para os Pequenos Municípios em andamento, será um dos palestrantes do evento. "No workshop de amanhã apontaremos a Indicação Geográfica e a denominação de origem como um recurso para o desenvolvimento das regiões e das comunidades tradicionais", aponta. O encontro acontece nesta sexta-feira (24) em Urubici, é realizado pelo Órion Parque e faz parte da programação da XIII Fenahort.

 

Silviane Brum

 
Publicado por Cris Menegon Qui, 23 de Março de 2017 07:52

Lages deverá ser uma das primeiras cidades do Estado a receber o sinal aberto da televisão da Câmara de Vereadores. Disputa a primazia com Joinville, Blumenau e Concórdia. Nesta quarta-feira, no gabinete do deputado Gabriel Ribeiro, a presidente do Legislativo municipal, Aida Hoffer, tratou d [...]

Lages deverá ser uma das primeiras cidades do Estado a receber o sinal aberto da televisão da Câmara de Vereadores. Disputa a primazia com Joinville, Blumenau e Concórdia. Nesta quarta-feira, no gabinete do deputado Gabriel Ribeiro, a presidente do Legislativo municipal, Aida Hoffer, tratou do assunto com a diretora de Comunicação Social da Assembleia, Thamy Soligo.


Os processos dos quatro municípios estão bem encaminhados e não há obstáculo burocrático. Segundo Thamy, ainda não foram concluídos porque, com a troca da Mesa Diretora, o novo presidente, Silvio Dreveck, precisou de um tempo para tomar pé da administração da Casa.


Conforme o deputado Gabriel Ribeiro, a transmissão em canal aberto significa transparência do Legislativo e permite a população acompanhar as atividades dos vereadores. Assim que os processos forem concluídos, haverá a assinatura de um ato com as quatro Câmaras e, depois, aberta a licitação para a montagem das torres.


Lages é forte candidata a ser a primeira transmissão em sinal aberto porque é a primeira Câmara a ter TV em Santa Catarina e a segunda do Brasil (depois de Porto Alegre). Foi uma discussão técnica, mas Aida Hoffer e Thamy Soligo aproveitaram para discutir futuras parcerias de conteúdo, para que a televisão da Câmara Lageana utilize programas produzidos pela Alesc.

 
Publicado por Cris Menegon Sex, 20 de Janeiro de 2017 07:33

O Instituto Orion promoveu o 1º Encontro de Gestores de TI da Região Serrana e reuniu representantes de mais de 30 empresas, entidades e instituições lageanas que possuem internamente ou prestam o serviço de Tecnologia da Informação. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (17), n [...]

O Instituto Orion promoveu o 1º Encontro de Gestores de TI da Região Serrana e reuniu representantes de mais de 30 empresas, entidades e instituições lageanas que possuem internamente ou prestam o serviço de Tecnologia da Informação. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (17), na sede do Orion Parque Tecnológico e a intenção é fazer deste, um evento anual.

 

O objetivo do encontro foi apresentar os trabalhos do Orion Parque nestes primeiros cinco meses de atividades e criar uma Vertical de Gestores para unir forças em necessidades comuns. Segundo o presidente em exercício do Instituto, Valmir Marcos Tortelli, todas as empresas, entidades e instituições poderão se beneficiar do conhecimento sempre dentro da área da tecnologia e inovação. "A intenção deste primeiro encontro foi fazer uma integração entre os profissionais, como uma a troca mútua de conhecimento", diz.

 

Para o presidente licenciado do Instituto Orion, Roberto Amaral, o encontro foi de extrema importância para agregar valor às atividades que o Orion Parque oferece. "Usando como base a tríplice hélice- empresas, entidades e universidades- que forma o Orion Parque, queremos instigar o interesse desses profissionais em trabalhar em conjunto focando na inovação, tecnologia da informação e biotecnologia. A serra catarinense aponta grande crescimento na área de TI e a utilização do Orion para essas atividades o tornará referência em todo o estado", comenta.

 

Com a criação dessa Vertical as pessoas irão interagir com maior frequência, passando conhecimento e trazendo maior inovação para dentro de suas empresas, o que resultará no desenvolvimento da cidade. "Queremos fomentar a Vertical para dar continuidade a essa linha de conhecimento. Hoje a tecnologia é uma necessidade para todas as áreas e são departamentos, em todas as empresas, que apresentam as mesmas necessidades. Portanto, procuramos mostrar as tecnologias que desenvolvemos para criar uma rede de trabalho bastante unificada", destaca o diretor executivo do Órion Parque, Claiton Camargo.

 

 Silviane Brum

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 26 de Outubro de 2016 07:50

A tecnologia é uma grande aliada no dia a dia das empresas, por facilitar a realização das tarefas. Com o objetivo de facilitar o cotidiano dos associados a Associação Empresarial de Lages – ACIL lança o aplicativo "Acil-Lages". Por meio dele, tanto o empresário quanto a comunidade em ge [...]

A tecnologia é uma grande aliada no dia a dia das empresas, por facilitar a realização das tarefas. Com o objetivo de facilitar o cotidiano dos associados a Associação Empresarial de Lages – ACIL lança o aplicativo "Acil-Lages". Por meio dele, tanto o empresário quanto a comunidade em geral podem ter acesso a informações sobre a entidade, núcleos, associados, serviços e produtos, bem como, acesso a notícias e redes sociais.

 

Este aplicativo é uma ferramenta para atender os associados de forma rápida, independente de sua localização e facilitar sua vida.

 

O Aplicativo pode ser baixado por Smartphones com sistema operacional Android através da PlayStore e em breve disponível para plataforma IOS.

 
Publicado por Cris Menegon Qua, 05 de Outubro de 2016 09:19

Para incentivar projetos de inovação e pesquisa e transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso foi autorizado nesta terça-feira, 4, em Florianópolis, o repasse de cerca de R$ 15 milhões para empreendedores e universitários. O evento contou com a presença do Ministro de Ciência, T [...]

Para incentivar projetos de inovação e pesquisa e transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso foi autorizado nesta terça-feira, 4, em Florianópolis, o repasse de cerca de R$ 15 milhões para empreendedores e universitários. O evento contou com a presença do Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, e do governador Raimundo Colombo. Também participaram o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Luiz Gargioni, secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Júnior, e presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Gelson Merisio.

 

Do valor, R$ 10 milhões são da Fapesc e o restante de instituições parceiras (Sistema Acafe, UFFS, CNPq e Fundo Newton). Receberão os recursos os contemplados no Programa Sinapse da Inovação e Programa de Pesquisa para o SUS, e três outros editais: Researcher Connect, Apoio a Grupos de Pesquisa da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e Apoio a Grupos de Pesquisa da Associação Catarinense das Fundações de Ensino (Acafe). A Fapesc também lançou novo edital do PPP (Programa Primeiros Projetos) para jovens pesquisadores e assinou acordo com a Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial).

 

"É um apoio direto às pessoas que têm vocação empreendedora, que têm uma boa ideia na área de tecnologia. Depois de passar por uma rigorosa seleção e avaliação técnica, as pessoas são selecionadas e então o Governo do Estado dá o aporte financeiro para que a ideia se materialize em uma empresa e em um produto. Com isso, contribuímos para competitividade, eficiência empresarial e geração de empregos. Toda nova economia precisa de apoio, e Santa Catarina tem crescido nessa área. Muitas das empresas que são sucesso hoje no Brasil nasceram aqui, nesse modelo", disse o governador.

 

Para o ministro Kassab, os investimentos mostram a confiança no país, a convicção que se está no caminho para a retomada do desenvolvimento. "É um incentivo não somente aos que iniciam agora um novo projeto de vida, mas para outros jovens que possam participar de projetos e abrir espaço para o crescimento do nosso país, para o nosso futuro, que é efetivamente ligado à inovação. Santa Catarina é referência em termos de investimentos em inovação e pesquisas. É um dos estados mais avançados e isso é fruto da sua gente e dos seus gestores", afirmou.

 

Durante o evento, o presidente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), Daniel Leipnitz, contextualizou a evolução do setor tecnológico em Santa Catarina. "Em Santa Catarina, o faturamento do setor chega a R$ 11,4 bilhões por ano, o que corresponde a 5% do PIB. Os empregos gerados chegam a mais de 47 mil", informou.

 

Contratação de projetos

 

Acafe

 

A partir de outro edital concluído em 2015 e com os R$ 3,25 milhões disponibilizados (sendo 50% da Fapesc e 50% da Acafe), nove universidades associadas ao sistema poderão conduzir 94 projetos de pesquisa em várias áreas. Os valores dos projetos variam entre R$ 15 mil e R$ 200 mil.

As instituições da Acafe que participam dessa chamada pública são: Unifebe (Centro Universitário de Brusque), Uniplac (Universidade do Planalto Catarinense), Furb (Universidade Regional de Blumenau), Univali (Universidade do Vale do Itajaí), Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina), Unochapecó (Universidade Comunitária da Região de Chapecó), Unoesc (Universidade do Oeste de Santa Catarina), Uniarp (Universidade Alto Vale do Rio do Peixe) e Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense).

 

UFFS

 

Serão concedidas 26 bolsas de Iniciação Científica e contratados 18 projetos de grupos de pesquisa selecionados no edital de Apoio à Pesquisa com a Universidade Federal Fronteira Sul, com sede em Chapecó. A instituição irá liberar R$ 500 mil, mesmo valor a ser repassado pela Fapesc aos pesquisadores.

 

Saúde em foco

 

Outro documento foi assinado para ratificar os 22 projetos aprovados no PPSUS - Gestão Compartilhada em Saúde (Programa de Pesquisa para o SUS). Os estudos propostos buscam a melhoria da qualidade de atenção à saúde no SUS em Santa Catarina. Serão repassados R$ 2,5 milhões, sendo R$ 1,5 milhão do Ministério da Saúde, R$ 500 mil da Fapesc e R$ 500 mil da Secretaria de Estado da Saúde. Os projetos vão receber entre R$ 100 mil e R$ 250 mil.

 

O PPSUS tem por finalidade fortalecer as capacidades locais de pesquisa e apoiar o desenvolvimento de projetos que busquem soluções para os problemas e necessidades dos sistemas e serviços de saúde.

 

Conselho Britânico

 

Também foi assinado o repasse de recursos da chamada Researcher Connect, em parceria com o Conselho Britânico, no âmbito do Fundo Newton, por meio de parceria com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa. Foram contemplados três projetos de diferentes instituições: Unochapecó, Unisul e IFSC.

 

Novo acordo e edital

 

Ainda no evento desta terça-feira, a Fapesc lançou um novo edital do Programa Primeiros Projetos para jovens pesquisadores que concluíram doutorado há menos de sete anos. O prazo para submissão de propostas começa nesta terça, 4 de outubro, e termina dia 16 novembro. Serão disponibilizados R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões do CNPq e R$ 1 milhão do Governo do Estado.

 

"O investimento mostra a grande perspectiva de futuro neste segmento em Santa Catarina. Cria um caminho para o futuro. Tenho a certeza que nosso estado está no rumo certo", afirmou o secretário Chiodini.

 

A Fapesc também assinou acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) para promover iniciativas de colaboração científica e desenvolvimento tecnológico. As unidades Embrapii em Santa Catarina que abrigarão as atividades coordenadas por este acordo são Fundação Certi; Polo/UFSC; e Rema/UFSC.

 

 
Início
Anterior
1
Página 1 de 56

Vídeo em Destaque

Programa Papo De Mulher: Escolha das Soberanas da Festa do Pinhão 2017
Publicidade

fabianamassas

aguasdepalmas

 

 

garden

 

 

 unifacvestmarco

  

 

camara2015ok

 

 

 

 

anucio1

TELALAGES

caes1

papo mulher